Sindicato dos médicos do Ceará faz campanha contra shows no Réveillon

Profissionais reclamam por atraso dos salários e citam Claudia Leitte e a dupla Simone e Simaria em campanha contra o uso do dinheiro público para shows

O Sindicato dos Médicos do Ceará lançou na última quarta-feira, 14, uma campanha contra o uso do dinheiro público no pagamento de shows para o Réveillon de Fortaleza, capital do estado. Os profissionais afirmam que estão com os salários atrasados desde outubro e criticam o valor do cachê dos artistas. “Tenta marcar cirurgia com a Claudia Leitte“, diz uma das peças da campanha, que inclui publicações nas redes sociais, outdoors e propagandas nas rádios da cidade.

“O Sindicato dos Médicos do Ceará reitera que as remunerações continuam em atraso, muitas delas desde o último mês de outubro. Vale destacar que tais atrasos são recorrentes. Portanto, não trata-se se uma situação pontual e inédita”, afirma o comunicado oficial do Sindicato. “Ainda ressalta que a Campanha em nada se opõe ao trabalho dos artistas convidados como atrações para o Réveillon de Fortaleza, nem ao próprio evento. Pelo contrário, a entidade é apreciadora de iniciativas de lazer e entretenimento desde que estas, no âmbito público – diante da atual crise pela qual passa a Saúde – sejam custeadas com recursos privados, como por exemplo na rede hoteleira, lojista e de restaurantes, que estão entre os beneficiados com uma festa nas proporções que a Prefeitura da Capital cearense realiza”, finaliza a nota.

Além de Claudia Leitte, as duplas Simone e Simaria e Jorge e Mateus também são citados na campanha. Procurada, a assessoria de Claudia afirmou que a cantora não vai comentar a polêmica. Já a equipe de Jorge e Mateus anunciou que pediu a retirada da campanha do ar. “O departamento jurídico da dupla já enviou uma notificação para a campanha ser retirada do ar porque está usando indevidamente a marca Jorge & Mateus. Eles só estão fazendo o trabalho deles. Foram contratados dentro da lei e irão se apresentar”, afirmou a assessoria.

Fonte: EGO

Deixe uma resposta

Fechar Menu