Seguidores, fã-clube, show e programa no GNT: veja o que Karol Conká perdeu
Foto: Reprodução TV Globo

Seguidores, fã-clube, show e programa no GNT: veja o que Karol Conká perdeu

Com apenas uma semana de programa, Karol Conká contabiliza diversos prejuízos à própria carreira

Logo nos primeiros dias do BBB21, os participantes definiram que o tema desta edição seria “cancelar o cancelamento”. Mas não é bem isto que se vê dentro e fora da casa. Enquanto Lucas Penteado e Juliette Freire se sentem excluídos, o público repudia a forma como Karol Conká trata os colegas de confinamento e isso vem afetando a carreira dela.

Desde sábado (30/1), quando começou a criticar Lucas por seu comportamento na festa, Karol já perdeu mais de 353 mil seguidores no Instagram e vem sendo bastante criticada pelo público. Até mesmo um dos fã-clube da cantora decidiu deixar de apoiá-la e desativou o perfil no Twitter.

“Nós, como fãs da carreira musical da Karol, decidimos criar esse perfil para informar e acompanhar ela (sic) no BBB. Mas, devido a todos os acontecimentos dentro da casa, percebemos que ela na verdade é uma pessoa horrível. Ela se demonstrou xenofóbica, soberba e falsa”, escreveu o perfil @ConkaBBB no Twitter.

Além dos fãs, Karol também já está enfrentando prejuízos na carreira. O festival pernambucano Rec-Beat anunciou que está aguardando autorização jurídica para suspender a transmissão de uma apresentação da cantora gravada na Pinacoteca, em São Paulo, antes do início do programa, e com previsão de ser exibida no dia 14 de fevereiro.

“Discordamos fortemente das declarações e atitudes da artista Karol Conká em sua participação no BBB21, que revelam posturas que confrontam os princípios do Festival Rec-Beat”, informou o evento. A decisão aconteceu após uma fala considerada xenofóbica. A cantora afirmou que, por ser de Curitiba, teria mais educação do que a paraibana Juliette.

Nesta terça-feira (2/2), o canal GNT também confirmou que não irá mais exibir na TV em fevereiro o programa Prazer, Feminino, apresentado por Karol e Marcela McGowan e já transmitido no YouTube. Segundo a emissora, a suspensão seria para não compactuar com a cultura do cancelamento.

Com Informações: Metrópoles por Léo Dias

Fechar Menu