Saneamento de Suzano está entre os melhores do Brasil

Estudos do Instituto Trata Brasil avaliam a distribuição de água e esgoto nas 100 maiores cidades do País

Suzano pode comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, pois está entre as 20 melhores colocadas no Ranking do Saneamento Trata Brasil. O município subiu 15 posições em um ano e foi bem classificada no estudo que avalia a evolução dos indicadores de água, esgotos, investimentos e perdas de água nos maiores municípios. A pesquisa deixou Mogi das Cruzes na 29ª posição. Os estudos levaram em consideração as 100 maiores cidades do País, incluindo três do Alto Tietê.

Itaquaquecetuba ficou entre as piores avaliações. No ranking nacional, o município atingiu a 69ª posição e foi a única da região que não alcançou 100% no atendimento de distribuição de água. De acordo com a avaliação do Instituto Trata Brasil, é considerada adequada a cidade que alcançar 98% ou mais na cobertura de coleta de esgoto. No entanto, dos 100 municípios avaliados, apenas Franca, localizada no interior de São Paulo, alcançou o melhor índice, que foi de 99,96%, conquistando a 1ª posição no ranking nacional. Nenhuma outra cidade do Brasil alcançou o nível considerado adequado. Na região, apenas Suzano e Mogi chegaram a 90%. Itaquá teve o menor índice, apenas 66% de cobertura.

O município suzanense foi o único da região que conquistou uma posição entre as 20 melhores cidades no quesito saneamento básico, alcançando o 12º lugar. No ano passado, a cidade estava na 27ª colocação, ou seja, subiu 15 colocações, segundo o relatório do Trata Brasil.

A Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação de Suzano informou que faz, frequentemente, o contato com a Sabesp, com o objetivo de “monitorar a qualidade do serviço oferecido, evitar desperdícios (vazamentos) e planejar investimentos para a ampliação do sistema, com aumento na oferta de água e na coleta do esgoto. Uma das conquistas do governo foi o investimento de R$ 47 milhões para saneamento básico em Palmeiras, região que ainda apresenta déficit.

Os estudos do instituto também apontaram que 100% da população é atendida com a rede de distribuição de água, atingindo a nota máxima, que é de 0,5. Além disso, 90,74% são atendidas com a rede de coleta de esgoto na cidade, alcançando a nota 1,16 no setor. Na avaliação total, de 10 pontos, o município conquistou a nota 8,55. Em Mogi, a nota total chegou a 7,54. Com relação ao atendimento referente à rede de água, o município atende 92,14%. Sobre a rede de esgoto, o serviço alcança 90,02% da cidade. Itaquá ficou na 69ª no quesito saneamento básico. A rede de esgoto alcança apenas 66,19% da cidade e a água 97,6%.

Com Informações: Portal News

Deixe uma resposta

Fechar Menu