Prefeito de Suzano solicita Incubadora Industrial de Pesquisa e Tecnologia para vice-governador

Pedido foi oficializado durante reunião realizada na manhã desta terça-feira em São Paulo, entre os prefeitos que integram o Condemat e Marcio França; área municipal de 92 mil metros quadrados situada no Jardim Imperador foi oferecida para o Estado para a implantação do projeto

 

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, oficializou na manhã desta terça-feira (6 de junho), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo-SP, o pedido de implantação de uma Incubadora Industrial de Pesquisa e Tecnologia no município. O projeto, apresentado ao vice-governador e também secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, Márcio França, indica a disponibilidade de uma área de 92 mil metros quadrados, situada no Jardim Imperador, ao lado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), para que o empreendimento possa ser construído. A esfera estadual se comprometeu a estudar a proposta.

A solicitação foi apresentada durante reunião entre os prefeitos que integram o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). A audiência, que teve início às 11h30, também contou com a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Samuel Moreira, dos secretários municipais de Planejamento Urbano e Habitação, o arquiteto Elvis José Vieira, e de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, o empresário André Maurício Loducca, além dos deputados estaduais André do Prado e Gileno Gomes.

Durante a fundamentação do projeto por parte de Ashiuchi, foi destacada a localização privilegiada do terreno, uma vez que Suzano contará, em breve, com um acesso de entrada e de saída pelo rodoanel Mário Covas (SP-031). A administração municipal suzanense também está trabalhando na melhoria de todo o entorno quanto à Mobilidade Urbana, por meio, por exemplo, do prolongamento da rua Sete de Setembro, que vai ligar o centro da cidade ao Jardim Monte Cristo e ao Jardim Imperador. Em funcionamento, o parque tecnológico deverá gerar 2,1 mil empregos diretos, tendo capacidade de abrigar até cem empresas:.

O poder por trás das incubadoras

As incubadoras de empresas são entidades promotoras de empreendimentos inovadores. A proposta tem o objetivo de oferecer suporte aos empreendedores para que os mesmos possam desenvolver ideias e transformá-las em empreendimentos de sucesso.

Já os parques tecnológicos constituem um complexo produtivo industrial e de serviços de base científico-tecnológica. Planejados, os equipamentos têm caráter formal, concentrado e cooperativo, agregando empresas cuja produção se baseia em pesquisa e desenvolvimento.

Com Informações: Portal da Prefeitura

Deixe uma resposta

Fechar Menu