Prefeito de Suzano anuncia corte na gratificação de servidores

 

Rodrigo Ashiuchi também anunciou medidas para a Santa Casa.
Administrador estima déficit de mais de R$ 250 milhões

O prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi falou sobre suas prioridades na administração da cidade a partir desta segunda-feira (2). Entre as medidas, está o corte das gratificações dos servidores para contenção de gastos, uma forma de diminuir o impacto do déficit de recursos avaliados em mais de R$ 250 milhões. Ele também anunciou medidas para a Santa Casa.

“A herança é visível. O reflexo está nas ruas. A cidade está abandonada. Estimamos um déficit de mais de R$ 250 milhões, pelo que tivemos acesso durante a transição. Tem dados que a gente só vai conseguir ter acesso agora que assumimos”, disse o prefeito.

Uma das medidas a serem adotadas é a reorganização do organograma da Prefeitura, além do corte na gratificação dos servidores. “O objetivo é diminuir os gastos com a folha de pagamento. O País passa por um momento econômico e político difícil e em Suzano não é diferente. Vamos aumentar a participação, diminuindo os custos que a folha tem hoje. Vamos cortar gratificações, hora extra para reestruturar o município com menos gastos”

Santa Casa
O prefeito também falou sobre a situação da Santa Casa, único hospital público da cidade que enfrenta dificuldades na gestão e atendimento.

Em dezembro, os funcionários fizeram uma paralisação para denunciar o atraso no pagamento. Ainda no último ano, a maternidade chegou a ficar fechada por falta de médicos.

“A Santa Casa passa por um dos seus piores momentos. Tem o pagamento aos funcionários que não foi feito e outros problemas. Vamos contratar uma empresa de auditoria na próxima semana. Apresentaremos o grupo gestor da Santa Casa, que terá um interventor técnico e abriremos licitação de uma auditoria externa para abrir a caixa preta da Santa Casa”.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu