Pai pede desculpas por não saber escrever e resposta de filha comove a web

A publicação comovente, feita na noite de terça-feira (20), alcançou mais de 240 mil de curtidas e 36 mil compartilhamentos

pai

A universitária Micarla Lins, que mora no Rio de Janeiro, publicou uma conversa que teve com o pai, Pedro Rodrigues Lins, por meio de um chat e causou comoção e reflexão na internet. 

No trecho em destaque, o pai pede desculpas à filha por não saber escrever e diz que a ama verdadeiramente: “Nuca eu vo juga voce pro que eu te amo vedaderaneti voce sadi. Decupa pro nao sabe esr”. Ao que ela responde: “Eu amo você. E você não precisa saber escrever pra eu te amar”.

Na postagem, Micarla, que é estudante do curso de Serviço Social, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), explica que lembrou-se da conversa emocionante que teve com o pai após ouvir alguém dizer que “saber escrever não é inteligência, é privilégio”. 

“Acho que nunca chorei tanto na vida quando recebi um pedido de desculpas dele por não saber escrever”, desabafou ela. “Meu pai não teve uma vida nada fácil, hoje em dia ele só sabe ler, mas não sabe escrever quase nada e isso me faz lembrar de todas as vezes que ouço piadas por coisas que estão escritas de maneira “errada”. Quantas vezes você já dispôs a ler pra alguém? Quantas vezes você já se ofereceu pra ensinar alguém a escrever? Então ao invés de acharem graça toda vez que virem algo escrito errado se lembrem de um pai pedindo perdão a filha por não conseguir falar com ela pois não sabe escrever. Que eu consiga usar do meu privilégio pro meu pai não precisar passar por esse tipo de piada. To cansada. Já tá na hora de vocês aceitarem que nem todo mundo tem as mesmas oportunidades”, completou.

A publicação, feita na noite de terça-feira (20), alcançou mais de 240 mil de curtidas e 36 mil compartilhamentos, além de centenas de comentários em apoio à jovem e elogios ao pai dela. “Chorei! Que coisa mais linda de viver! Parabéns e obrigada por compartilhar uma coisa tão simples e tão linda”, escreveu um internauta. “Parabéns moça pela atitude de expôr e falar sobre a realidade muito vivida por muuuitos”, acrescentou outra.

A estudante explicou, ao Buzzfeed Brasil, que o pai nunca tinha enviado nenhuma mensagem de texto para ela. Ela também disse que o pai chegou a sentir vergonha diante de toda a repercussão da postagem, mas que, depois, viu que estava recebendo muitas mensagens carinhosas e ficou emocionado.

Ao portal da RedeTV!, Micarla acrescentou: “Meu pai está muito feliz, disse que ganhou muitos novos amigos no Facebook, e está especialmente feliz também por todo carinho que está recebendo”.

Como estudante de Serviço Social, ela disse estar muito impressionada e satisfeita com o efeito da publicação na rede social. “Eu estou muito feliz, especialmente por ter recebido tantas mensagens de carinho de volta, e por todos que tiveram coragem de contar suas histórias”, disse ainda ao portal da RedeTV!. “Meu sonho sempre foi buscar uma profissão em que eu pudesse transformar o meio ao meu redor, nunca imaginei que um texto faria isso”.

Orgulho da criação

pai2

A trajetória de Micarla e sua família começa no Recife, onde ela nasceu, e seguiu até o Rio de Janeiro, onde a estudante morou até completar 14 anos. De lá, a família viu-se obrigada a mudar-se para São Paulo, a fim de conseguir tratamento para um grave problema de saúde do pai. “Meus pais andaram bastante o mundo”, comenta ela.

Enquanto os pais ficaram em Jundiaí, Micarla voltou ao Rio para estudar e, por consequência, acabar narrando em um post simples uma parte da história da família da qual ela diz ter muito orgulho. “Sempre me orgulhei muito da criação que tive. Mesmo meus pais não tendo muita instrução, sempre prezaram muito que eu estudasse, porém eles jamais almejaram que eu cursasse uma universidade, [pois] pra eles era essencial que eu apenas me formasse. Sou a única das três filhas que tô tendo o privilégio de cursar uma universidade federal”.

Fonte: REDE TV!

Deixe uma resposta

Fechar Menu