“Os traveco tão aí”: Quinze anos depois, Criolo altera letra de música transfóbica

 A faixa está no álbum relançado “Ainda Há Tempo”

criolo

Há cerca de 15 anos o rapper Criolo lançava “Vasilhame” e cantava o verso “os traveco (termo ofensivo à identidade de uma pessoa trans), tão aí, oh! Alguém vai se iludir’’. Cantava. A partir de hoje, a letra, com conteúdo transfóbico, passa a ser: “o universo tá aí, oh! Alguém vai se iludir”.

Em declaração à imprensa, o paulistano disse: “Revi tudo e mudei aquilo que não tinha necessidade de ficar. Não tenho problemas em dizer que errei”. À revista “Trip”, foi além: “Era ignorância, né? Por falta de conhecimento da minha parte, usei em algumas músicas esses jargões populares, alguns apelidos e palavras que não fazem sentido algum e só magoam as pessoas. Eu mesmo me magoei com isso depois que refleti. Na época nem me tocava, mesmo sendo preocupado com várias questões que refleti”. 

Fonte: Jornal do Brasil – Heloisa Tolipan

Deixe uma resposta

Fechar Menu