Operação do Tribunal de Contas do Estado apontou que 43,81% dos estudantes não haviam recebido livros didáticos nas escolas paulistas
Foto: Secretaria de Educação SP

Operação do Tribunal de Contas do Estado apontou que 43,81% dos estudantes não haviam recebido livros didáticos nas escolas paulistas

Uma operação do Tribunal de Contas do Estado apontou que 43,81% dos estudantes não haviam recebido livros didáticos nas escolas paulistas. Os agentes do TCE também constataram que, em 17,04% dos casos, haviam indícios de que os kits entregues não são suficientes para todo o ano letivo.

Além disso, um terço dos alunos da rede pública ainda não recebeu uniformes escolares. O ano letivo teve início no dia primeiro de fevereiro.

A ação, realizada de surpresa pelo Tribunal de Contas paulista, verificou, em 215 municípios, o fornecimento de materiais didáticos, livros e uniformes em escolas.

O relatório ainda apontou que 31,11% dos alunos ainda não receberam o material escolar. Em 11,86% das unidades, os livros/apostilas estavam armazenados em lugares inadequados.

Houve flagrantes desses materiais dispostos diretamente em contato ao chão, em salas destinadas às aulas de informática e até dentro de cozinha. Em 12,95% das escolas visitadas não havia controle eficiente da distribuição.

A Secretaria Estadual de Educação afirma emj nota que está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). “É importante destacar que o universo das escolas estaduais apontado no relatório representa apenas 1% de toda a rede estadual”, diz.

Segundo a pasta, o uso de uniforme nas escolas da rede não é obrigatório. Todas as ocorrências identificadas serão resolvidas.

Com Informações: Destak

Fechar Menu