Mulheres e idosos poderão descer fora do ponto de ônibus em Suzano

Lei precisa ser sancionada pela Prefeitura.
Projeto autoriza desembarque fora do ponto a partir das 21h.

RADIAL

A Câmara de Suzano aprovou um projeto de lei que permite que mulheres e idosos desçam fora do ponto de ônibus a partir das 21h. A lei ainda não foi sancionada pela Prefeitura, mas, quando começar a valer, será obrigatório que os motoristas parem fora do ponto caso algum passageiro faça o pedido.

A iniciativa agradou grande parte da população. Caroline Visgueiro tem 21 anos e mora no bairro de Miguel Badra. Estudante de administração, ela volta depois das 22h de Mogi das Cruzes. “Eu sinto bastante medo na hora que eu desço do ônibus e está tudo escuro, com poucas pessoas na rua. No terminal, nem tanto, mas quando vai se aproximando da minha casa vai ficando com menos movimento e eu sinto um pouco de medo.”

A autoria do projeto “Parada Segura” é do vereador Claudio Anzai. “Com a insegurança, a bandidagem na sociedade, a gente não sabe o que pode acontecer. Esse projeto, já discutido em outras cidades, é para diminuir o tempo de parada do ônibus para que ela fique mais perto de casa.”

Muitas mulheres também ficaram satisfeitas com a ideia. “Dependendo do lugar onde você passa, é complicado. A gente pode ser assaltada ou acontecer qualquer coisa”, diz a arrumadeira Ana Maria Gomes.

A aposentada Angelina da Silva Matos acha que a medida vai encurtar seu tempo de caminhada até a casa. “Parando onde a gente pede é melhor”, diz.

Carolina costuma esperar por 15 minutos o ônibus. Isso significa que ela deixa o terminal por volta das 23h45.

Dentro do ônibus, a volta para a casa de Caroline é tranquila, sem muita gente. Ela acredita que quando a lei começar a valer será beneficiada. Quando desce do ônibus, ela precisa caminhar por cerca de 15 minutos até chegar em casa. “Eu moro na avenida, onde tem um pouco mais de movimento e comércio, mas é escuro. Às vezes eu chego um pouquinho mais tarde e não tem quase ninguém na rua e eu vou sozinha. Serial ideal se ele parasse em frente a minha casa. Eu ia me sentir mais segura.”

 A Prefeitura de Suzano disse que o projeto de lei já foi encaminhado para análise na Secretaria de Assuntos Jurídicos, mas não existe um prazo para a sanção.

Fonte: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu