MP vai investigar “sexualização” na carreira de funkeiros mirins

A investigação é proveniente de denúncias e representações encaminhadas pela Ouvidoria do MP e por cidadãos.

funk

Mc Melody tem oito anos de idade

O Ministério Público de São Paulo abriu, na última quinta-feira (23), um inquérito para investigar o conteúdo erótico e apelos sexuais em músicas e coreografias de crianças e adolescentes que cantam funk. O inquérito foi aberto pelo promotor Eduardo Dias de Souza Ferreira. A investigação é proveniente de denúncias e representações encaminhadas pela Ouvidoria do MP e por cidadãos.

A Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e da Juventude da Capital quer saber se as carreiras dos funkeiros mirins comete de “violação de direito ao respeito e à dignidade de crianças/adolescentes”.

A investigação tem principais alvos os artistasMc Brinquedo, Mc Pikachu, Mc Bin Laden, MC 2k, a dupla Mc’s Princesa e Plebeia, além da pequena Mc Melody, de oito anos, que tem fico famosa após o pai, conhecido como MC Belinho, publicar fotos e vídeos caseiros no Facebook que mostravam a menina em poses sensuais.

Diante da repercussão negativa na internet, Belinho afirmou que está arrependido e que promoverá mudanças na postura e nos trajes da filha.

Fonte: Cifra Club

Deixe uma resposta

Fechar Menu