Moradores de Ferraz de Vasconcelos enfrentam invasão de escorpiões em apartamentos
Foto: Reprodução/ TV Diário

Moradores de Ferraz de Vasconcelos enfrentam invasão de escorpiões em apartamentos

Mesmo com telas na janela, os animais estão invadindo as unidades e picando os moradores. Prefeitura diz que vai fazer vistoria no local.

Moradores de um conjunto habitacional no Parque Dourado, em Ferraz de Vasconcelos, convivem com um problema antigo de escorpiões que se escondem dentro dos apartamentos.

Eles instalaram até telas nas janelas para se proteger, mas não tem jeito. Os bichos entram e colocam em risco os adultos e as crianças.

A dona de casa Lílian Lucio César encontrou escorpiões dentro do apartamento dela. “Todos os dias alguém acha algum. Graças a Deus eu nunca fui picada, mas já encontrei escorpião na beirada da cama, na cozinha, na escada do prédio. Moradores já foram picados aqui”, conta.

Os bichos sempre aparecem no local, segundo alguns moradores que, para se protegerem colocaram telas nas janelas. Mesmo assim, os escorpiões encontram um jeito de entrar nos apartamentos.

“Eu estava fazendo faxina, quando eu puxei o botijão, tinha um bem pequeninho amarelo. Como eu sabia que aqui tinha escorpião, lá perto de onde eu morei, comprei veneno. Toda vez que eu faço faxina, eu jogo na casa, em todo lugar”, diz a empregada doméstica Maria de Lurdes da Silva.

A cabeleireira Silvia Rezende diz que o filho encontrou um escorpião dentro da pia. “Eu não sei de onde ele veio. A gente colocou até tela, depois que eu fui picada. Mas aí esses dias tinha um dentro da minha pia”, conta.

Silvia estava dormindo e sentiu a picada. Como já havia acontecido com outros vizinhos, ela viu o escorpião saindo. “A gente conseguiu matar, mas é uma dor insuportável”, conta.

Em 2019, o Diário TV já havia mostrado a mesma situação no local. Na ocasião, a CDHU chegou a enviar uma nota para a produção dizendo que fazia a manutenção periodicamente e que naquela época estava abrindo uma licitação para que uma nova empresa fizesse a limpeza do local.

O tempo passou e nada foi feito. São os moradores que precisam fazer a limpeza da área. “Em relação à limpeza, a prefeitura e a CDHU diziam que eles mandavam a limpeza, que a cada três meses eles faziam a limpeza, mas é mentira”, conta Lílian.

Enquanto isso os moradores querem mais do que apenas uma promessa , eles esperam por uma ação da CDHU ou da prefeitura.

Em nota, a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos disse que a Vigilância Sanitária fez duas visitas ao bairro para verificar o problema, mas, em nenhuma delas os escorpiões foram encontrados. A nota diz ainda que a prefeitura vai continuar monitorando a situação e uma nova visita ao local será realizada, se necessário.

Já a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) informou que a área foi transferida para a Prefeitura de Ferraz em 2020 e que, quando esteve sob responsabilidade da companhia, sempre foram realizadas manutenções, como serviços de poda, remoções de entulhos e limpeza em geral.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu