Mogi das Cruzes libera vacina da gripe para toda população

Prefeitura informou que seguiu orientação do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. Grupos prioritários continuam recebendo doses.

Mogi das Cruzes liberou a vacinação da gripe para toda a população. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o município decidiu seguir a orientação do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems), atendendo às recomendações do Ministério da Saúde, pela liberação da vacina para toda a população, independentemente da idade ou condição de saúde, enquanto houver estoque disponível.

O Ministério da Saúde divulgou a ampliação na última sexta-feira (2), mas na segunda-feira (5), os municípios da região ainda não tinham aderido. Em outras cidades a região, a vacinação não foi ampliada (veja abaixo).

Segundo o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis, o município está tomando cuidado de reservar a quantidade necessária para aplicação da segunda dose das crianças. “A segunda dose necessária para completar a proteção das crianças já foi reservada e está garantida”, explicou. A segunda dose das crianças é aplicada 30 dias após a primeira.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe está em andamento desde 17 de abril em todas as unidades de saúde e termina nesta sexta-feira (9).

Segundo a secretaria, até o momento foram vacinadas 85.882 pessoas em Mogi das Cruzes, o que equivale a 80,88% do público-alvo, em média.

Neste total estão 5.176 crianças de 6 meses a menores de dois anos (55,59%); 9.322 crianças de 2 anos a menores de 5 anos (55,96%); 2.674 gestantes (57,44%), 614 puérperas (80,26%), 8.835 trabalhadores da saúde (99,04%), 37,155 idosos (91,27%) e 16.269 doentes crônicos (64,66%). Foram vacinados, ainda, 44 indígenas e 3.421 professores, além da população carcerária e funcionários do sistema prisional.

“Quem faz parte dos grupos contemplados e ainda não foi imunizado também pode procurar uma unidade de saúde e garantir a imunização”, explica a chefe da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Lilian Peres Mendes.

A dose disponibilizada neste ano garante proteção para os tipos mais graves da Influenza que são os tipos B, A H1N1 e A H3N2.

Outras cidades

  • Suzano

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a campanha será dedicada para as 13,1 mil pessoas dos grupos prioritários que ainda não receberam imunização. Segundo a secretaria, após o cumprimento da meta, a vacinação será aberta para a população em geral, enquanto houver estoques da vacina.

A secretaria informou ainda que a previsão é que a cobertura vacinal dos grupos prioritários seja complementada até o final desta semana. Mas a pasta aguarda o movimento nas UBS’s para definir a data da liberação à população, assim como o possível repasse de mais doses vindas do Governo do Estado. O município dispõe atualmente de 20 mil doses da vacina.

  • Guararema

Na cidade, a vacinação não tinha sido ampliada a outros grupos até a manhã desta terça-feira (6). A imunização continua nos três postos de saúde até sexta-feira (9) para grupos prioritários e o índice de imunização está em 92,29% desse grupo, segundo a Prefeitura.

  • Itaquaquecetuba

A cidade também não havia ampliado a imunização para toda a população até a manhã desta terça. A última atualização aponta que 63,31% dos integrantes do público-alvo foram imunizados. A imunização segue para esses grupos até sexta-feira. A vacina já havia sido ampliada para:

  • Policia Federal e Guarda Municipal
  • Doadores de Sangue e de Medula
  • Trabalhadores dos Tribunais de Justiça e Fóruns
  • Profissionais que trabalham com pessoas em situações de rua
  • Cuidadores de idosos
  • Auxiliar de classe e demais funcionários das escolas do ensino Básico e Superior
  • Funcionários das Creches
  • Trabalhadores da Limpeza urbana e coletores de resíduos
  • Ferraz de Vasconcelos

A imunização também não foi ampliada a toda a população na cidade. A vacinação na cidade, segundo a Prefeitura, segue até quinta-feira (8). Na última atualização, haviam sido imunizados 61,35% do público-alvo.

  • Arujá

A Secretaria de Saúde de Arujá informou que o Governo Estadual não liberou a vacina para toda a população. Ela continua sendo destinada apenas para os grupos prioritários. O município conta com um estoque de aproximadamente 3 mil doses. Até o momento, de acordo com último balanço da Saúde de Arujá, 14.705 pessoas foram vacinadas. No grupo prioritário são 11.482 pessoas imunizadas, o equivalente a 79,6% da meta necessária (14.424).

Do total de imunizados, 6.252 são idosos, 3.382 são crianças, 1.092 trabalham na área da Saúde, 574 são gestantes e 120 são mulheres que deram à luz há menos de 45 dias. O restante corresponde a professores das redes pública e privada, policiais e bombeiros e doentes crônicos.

As vacinas são aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Mirante, Parque Rodrigo Barreto, Centro de Saúde II, Jardim Emília, Jd. Real, Jd. Fazenda Rincão e Nova Arujá, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas.

  • Biritiba Mirim

O município informou que não abrirá vacinação para a população em geral. A cidade afirma que foi a primeira a atingir a meta de vacinação na região do Alto Tietê. Até a última sexta-feira (2) tinham sido aplicadas 5.138 doses aplicadas (87,47%) do total de 5.874 pessoas do grupo. A imunização segue para grupos prioritários até sexta-feira.

Doença

A gripe é uma doença infecciosa, viral, contagiosa, e muitas vezes epidêmica, caracterizada por estado de abatimento geral e a presença de sintomas variados como febre, congestionamento nasal, dores de cabeça e de garganta. É transmitida principalmente por gotículas de saliva expelidas quando a pessoa contaminada tosse, espirra ou assoa o nariz.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu