Leonardo revela que lembra de Leandro quando canta com Eduardo Costa

LEO

O cantor revelou em entrevista, como se sentiu em cantar pela primeira vez em um show com outro parceiro que não fosse seu irmão Leandro.”Realmente, eu te confesso que cantar com o Eduardo na casa dele ou lá em casa, na cozinha, tomando um café ou tomando cachaça é uma coisa. Agora botar em prática tudo aquilo foi outra história e estou extremamente feliz por ter lançado esse projeto, sabendo do potencial de musicalidade que ele tem, que canta de primeira, canta de segunda, canta de terceira. Eu estava falando para ele que eu não pensava que iria gravar alguma coisa em dupla mais. O meu irmão Leandro foi o único parceiro que eu tive e, agora, fazendo esse trabalho, chega a ser emocionante”, revelou o sertanejo.

Leonardo também comentou a emoção de cantar com Eduardo as músicas que interpretava com o irmão. “A gente sai cantando em dueto Verão das Nove, O Último Adeus, Telefone Mudo, é muito emocionante. Eu lembro na hora do Leandro, porque a segunda voz do Eduardo se equipara a do Leandro, hoje até mais moderna”.

Já Eduardo contou do receio que tinha de ser comparado ao Leandro. “Minha maior preocupação era não passar essa imagem de substituição, porque o Leandro é insubstituível para todos nós, para mim que sou fã e até mais que para o Leonardo. O Leonardo encarou o Leandro a vida inteira como um parceiro de dupla e eu os amava assim, eu escutava os dois e era louco por eles. O que eu mais procurei preservar nessa gravação foi não passar a imagem de substituição, de uma nova dupla, porque essa não é a intenção.”

Finalizando a entrevista, Eduardo ainda revelou que o projeto com Leonardo não era para ser comercializado. “Esse DVD não era para vender, sabia? Esse DVD era para dar de presente para amigo, não tinha essa coisa de venda. A gravadora que enxergou comércio nele, nós não. Nós pensamos: ‘vamos gravar o DVD e dar para um e para outro’”. 

Fonte: Movimento Country

Deixe uma resposta

Fechar Menu