Justiça eleitoral alerta para golpes no Alto Tietê

SUZANO

Golpistas têm enviado e-mails no nome do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para conseguir roubar informações de eleitores. Ao clicar no link, o usuário instala automaticamente um vírus no computador.

De acordo com o juiz da Vara da Fazenda Pública de Mogi das Cruzes, Bruno Machado Miano, o TRE não envia correios eletrônicos.”A Justiça Eleitoral não tem costume de enviar e-mail para cadastramento de eleitor. Ela manda notificação pelo correio ou oficial de justiça”. Especialistas em segurança fazem alerta para tipo de golpe comum no Alto Tietê.

O site do TRE de São Paulo alerta que emails falsos têm sido enviados em nome da Justiça Eleitoral e que essas mensagens podem conter vírus.  De acordo com a nota do órgão, esses e-mails pedem a atualização dos dados dos eleitores e outras informações cadastrais. Miano afirma ainda que o prazo para qualquer mudança cadastral já acabou. “Agora estão indo as notificações para os mesários para que eles compareçam ao cartório eleitoral. E isso é feito via postal”.

De acordo com Octacílio Schiavi, especialista em segurança de internet, o crime virtual  é comum na região. Ele diz que esse golpe é pouco conhecido pelas pessoas e, por isso, se torna perigoso. “O título do e-mail é convincente, mas nenhum banco, polícia ou órgão de justiça manda mensagem via internet para o cidadão colocar ou atualizar dados. O alerta é não abrir nada que você não tenha certeza. Não seja curioso”.

O Brasil ainda não tem uma legislação específica para crimes virtuais, mas as vítimas devem procurar a polícia para que cada caso seja avaliado. No caso da Justiça Eleitoral, a orientação é procurar um cartório ou ligar para 148.

Fonte: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu