John Lennon teria previsto seu assassinato
Foto: Reprodução

John Lennon teria previsto seu assassinato

Será que essa história realmente é real?

Os Beatles sempre chamaram a atenção pelas suas canções, mas também por um motivo muito peculiar: as drogas.

Um dos maiores admiradores dos narcóticos do grupo, John Lennon, vivia uma relação de êxtase com o LSD, tanto que foi em uma dessas “viagens” que ele previu que seu fim estava mais próximo.

De acordo com “Magical Mystery Tours: My Life With The Beatles” (em tradução livre Viagens Mágicas e Misteriosas: Minha vida com os Beatles), de Tony Bramwell conta um pouquinho sobre esse momento.

Durante um período em que havia consumido o alucinógeno e estava bem alterado, John teria encarnado Jesus Cristo. Essa afirmação do músico teria preocupado os outros integrantes (Paul McCartney, Ringo Starr, e George Harrison) que se reuniram no escritório da Apple Records.

Ele havia contado a um amigo que sabia que sua vida no plano terrestre estava chegando ao fim. “Eles vão matar-me, sabes. Mas eu tenho pelo menos quatro anos, por isso tenho de fazer coisas”.

Segundo relatos, foi nessa mesma noite que John teria conhecido Yoko Ono.

Com Informações: KBoing

Fechar Menu