Gabbardo, ex-secretário de Mandetta, assume chefia no governo de São Paulo
Foto: Reprodução/GloboNews

Gabbardo, ex-secretário de Mandetta, assume chefia no governo de São Paulo

Médico foi anunciado como secretário-executivo do Centro de Contingência do Combate ao Coronavírus do governo de João Doria

Nome de confiança do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, o médico João Gabbardo dos Reis foi anunciado nesta quarta-feira (27/05) como secretário-executivo do Centro de Contingência do Combate ao Coronavírus em São Paulo.

Gabbardo era secretário-executivo de Mandetta e foi exonerado do cargo no fim de abril. O médico participou da elaboração do plano que definiu a retomada de algumas atividades da economia em 1º de junho.

O médico centralizou, junto com Mandetta, uma das principais crises durante a pandemia envolvendo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Eles se desentenderam com o presidente por conta das medidas de contenção do coronavírus. Enquanto Mandetta e Gabbardo defendiam um isolamento social maior, o chefe do Executivo se dizia preocupado com a economia e pressionava pela reabertura do comércio.

Nesta quarta-feira, ele afirmou que sem medidas de isolamento o país teria uma realidade pior. Já são quase 395 mil infectados e mais de 24 mil mortes. Gabbardo agradeceu o convite do governador de São Paulo, João Doria (PSBD). “Sinto muito orgulho de poder estar ao lado dessas pessoas. É uma honra”, afirmou.

Gabbardo, que é servidor de carreira do Ministério da Saúde, foi indicado para o cargo pelo então ministro da cidadania Osmar Terra. Ele também é próximo de Onyx Lorenzoni, atual ministro da Cidadania, e fez campanha para Bolsonaro nas eleições de 2018.

A movimentação evidencia a polarização entre Bolsonaro e Doria. De aliados nas eleições de 2018, o presidente e o governador passaram a ocupar lado opostos , com trocas de acusações e críticas públicas.

Com Informações: Metrópoles

Fechar Menu