Fantine lança novo single e confirma volta do Rouge: “estamos mais fortes do que nunca”

“É um desafio que nos não sabemos se vai dar certo, mas estamos investindo, arriscando nisso”, completou.

FANTINE

Na noite da última segunda-feira (02), Fantine, que ficou famosa por ser membro do grupo Rouge, reuniu alguns fãs em um estúdio em São Paulo para lançar seu novo single, “My World”

Durante o show, a cantora chegou a chamar o Rouge de “roubada”. Mais tarde, em entrevista exclusiva, a cantora explicou o porque do termo e ainda falou sobre a volta do grupo, que pode acontecer antes do que a gente imagina!

Mas calma, antes vamos dar uma olhada no vídeo de apresentação do single:

Mas sim, meio emocionada e sem tocar no nome de Luciana, que deixou o grupo um ano e meio antes do fim, a explicação da Fantine para a o Rouge ter sido uma “roubada foi a seguinte:

“A exploração que nós sofremos foi traumática. Fomos ingênuas, acreditando que seriam justos com a gente. Mas já superamos. Hoje eu ate agradeço essa exploração, porque a nossa amizade foi um presente que ela trouxe. Eles nos escolheram e nos juntaram muito bem. Quase perfeitamente. Quando ficamos só as quatro foi sintonia pura, o que é muito difícil”.

Apesar de ter pedido para não tocarmos no assunto Rouge, Fantine foi bem aberta ao falar da volta do grupo e confessou que Aline, Lissah, Karin e ela têm vontade de “fazer um trabalho” juntas.

“Eu acho que agora é a hora certa, mas eu não posso falar mais porque não queremos decepcionar os fãs como aconteceu na Fábrica de Estrelas”, explicou ela, relembrando o reality do Multishow que promoteu reunir o grupo para uma turnê de despedida. “Não queremos prometer. Queremos chegar com o trabalho pronto e falar ‘tá aqui!’ e é pra isso que estamos trabalhando. É um desafio que nos não sabemos se vai dar certo, mas estamos investindo, arriscando nisso”, completou.

A cantora comentou ainda o fim dos entraves burocráticos que impediam a volta do grupo usando o mesmo nome do passado. “Não tem mais entrave. Venceu esse ano!”, comemorou Fantine, toda feliz. “Eles [os produtores antigos] acharam que ía cair no esquecimento, mas os fãs não deixaram isso acontecer. Além da nostalgia, de lá pra cá nós ganhamos experiências de vida e de palco que não tínhamos nem durante o Rouge e que fazem a diferença. Tudo isso agrega valor. O Rouge está mais forte do que nunca!”

Fonte: PapelPop

Deixe uma resposta

Fechar Menu