Famosos criticam máscaras de carnaval de Fábio Assunção: ‘Dependência química é caso sério’

Famosos criticam máscaras de carnaval de Fábio Assunção: ‘Dependência química é caso sério’

Famosos e anônimos levantaram o debate sobre a máscara de carnaval do Fábio Assunção. A tendência para a festa é o rosto do ator recortado em papelão em alusão aos memes que surgiram após ele ter sido flagrado alterado e ter respondido na polícia por acusação de dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência a prisão.

Uma postagem no Instagram fala sobre as máscaras e diz “O Brasil e os Estados Unidos vivem uma grave epidemia de consumo de drogas, nos US chamada de “opioid crisis”. Estamos vivendo uma inversão de valores, onde rir das pessoas que estão vivendo o pior momento de suas vidas é engraçado”. O texto recebeu quase cinco mil curtidas em poucas horas e exibe a imagem do ator com o comentário “Dependência química é caso sério”. Juliana Alves, a ex-BB Gleici Damasceno e Dan Ferreira foram alguns dos famosos que apoiaram as críticas.

Em outubro do ano passado, Fábio Assunção disse em entrevista no programa Conversa com Bial que tinha que lidar com o estigma pela passagem por uma dependência química. Na ocasião, o ator declarou que já teve “uso exagerado e uma relação obsessiva” com as drogas. As declarações ocorreram após Fábio virar meme nas redes sociais, em junho, depois de se envolver em uma confusão em junho de 2017 na cidade de Arcoverde, no Sertão pernambucano.

Procurado, Fábio Assunção ainda não se posicionou sobre o caso.

Com Informações: Extra Famosos

Fechar Menu