Dinho Ouro Preto: ‘Fiz 50 anos, já foi muito excesso’

dinho-ouro-preto-71248

Na estrada, para a divulgação de seu EP, chamado Viva a Revolução, Dinho Ouro preto afirmou à coluna Gente Boa, do jornal O Globo, que mudou de vida. E isso não aconteceu por conta da queda do palco – Dinho despencou de uma altura de 3 metros, em 2009, num show em Minas Gerais, e bateu a cabeça – e sim por uma hepatite alcoólica.

“Fiz um exame de sangue e deu hepatite. Fui ao médico para saber o que tinha acontecido. Era hepatite alcoólica. Meu fígado não estava dando conta. Tomei remédios e fiquei um ano inteiro sem beber álcool. Fiz 50 anos, já foi muito excesso. Quero ter mais controle, levo essa vida desde os 15. Hoje só bebo depois dos shows. Não sou religioso, não renasci em Cristo, gosto de beber vinho de vez em quando”, disse o cantor ao jornal, afirmando ainda que não faz mais uso de drogas.

Devido ao acidente, Dinho não lembra mais trechos de algumas músicas.

“Bati a cabeça quando caí do palco aquela vez. Agora eu não lembro dos trechos de várias letras. Então, preciso ler na hora em que estou cantando”, disse. 

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

Fechar Menu