Coopersuzan nega aumento e diz ser vítima de ‘fake news’

Nessa semana, um periódico trouxe falso anúncio de que permissionários pleiteavam aumento de R$ 0,60

O suposto anúncio sobre o reajuste de urgência do transporte de vans é falso, afirma comunicado publicado na página da Coopersuzan, responsável pelo serviço na cidade. A cooperativa reitera que “não há qualquer iniciativa oficial para o aumento, a qual não corresponde com a verdade”.
A mensagem passou a ser compartilhadas nas redes sociais. O falso anúncio dizia que permissionários pleiteavam o aumento de R$ 0,60 centavos, o que aumentaria o atual valor de R$ 4,10 para R$ 4,70.
A falsa publicação também afirmava que o aumento seria decorrente a fatores, como o aumento do diesel e pneus. Dizia ainda que, em eventual negativa da administração municipal, o suzanense sofreria. “[…] permissionários de vans pensam em reduzir o número de carros em circulação, o que levará mais tempo de espera dos passageiros em pontos de ônibus”.
Dias após a viralização da falsa mensagem, a Coopersuzan publicou comunicado oficial sobre o tema. “A cooperativa desconhece quem tenha realizado ou patrocinado informativo distribuído. A matéria ali veiculada é mentirosa e fantasiosa, porque não foi solicitado qualquer aumento da tarifa e não foi cogitado qualquer redução do número de carros em circulação para prejuízo da população”.
Outro trecho da nota oficial expõem que “a Cooperativa está enviando esforços para garantir um transporte de qualidade com valores acessíveis para a população suzanense. Temos consciência da atual situação social e econômica que assola o País”.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu