Com crise, Guararema suspende tradicional decoração de Natal

‘Guararema Cidade Natal’ já era realizado há sete anos no município.
Iluminação atraía visitantes de toda a região.

guararema-1

A Prefeitura de Guararema cancelou neste ano o ‘Guararema Cidade Natal’. Esta seria a 8ª edição do evento que atraía turistas e movimentava o comércio. Segundo a administração municipal, a decisão foi tomada depois de estudos de avaliação de impacto econômico e de entraves técnicos.

Os comerciantes demonstraram insatisfação com a decisão. Para Marlon Rodrigues, diretor da Associação Comercial de Guararema, as vendas devem cair 50%. O comércio de natal, de acordo com Rodrigues, representa quatro meses de faturamento e, em um ano de crise, seria a salvação.

guararema-2

Justificativa
O prefeito Adriano Leite enfatizou ainda que a administração fez todo esforço para mante o evento neste ano, buscando alternativas e parcerias, mas diante dos reflexos da crise, a decisão foi pelo cancelamento. “O programa ‘Guararema Cidade Natal’ continua e deve passar por uma reformulação para viabilizar um ponto de equilíbrio econômico até que ele se torne autossustentável”, disse o prefeito.

Leite afirmou que a decisão completa outras medidas de contenção de gastos que vêm sendo tomadas ao longo do ano, como o reforço na controladoria com foco na redução de despesas fixas da Prefeitura, como água, luz, telefone e combustível; a revisão de contratos; o contingenciamento de 25% do orçamento; o cancelamento de eventos como o Parateí Fest e o Guararema Fest Show e o estudo de reforma administrativa para enxugar a estrutura de cargos.

De acordo com a Prefeitura, em meio à crise o prefeito estabeleceu como prioridade os serviços e atendimento à população, focando no aumento da subvenção à Santa Casa; no aumento da subvenção ao Lar dos Velhinhos; na expansão das câmeras monitoramento; em melhorias no transporte público – como renovação da frota e revisão das linhas e horários – e no investimento em ações para conter enchentes no município.

A Santa Casa de Misericórdia é a principal prioriedade da Prefeitura. Segundo a administração municipal, a entidade passa por sérias dificuldades e atende a 8 mil pessoas por mês, e terá uma subvenção extra de R$ 1,85 milhão, nos próximos dias, para que a entidade possa manter o funcionamento e arcar com as despesas do fim de ano. Para 2017 a subvenção também será ampliada passando dos atuais R$ 740 mil mensais para aproximadamente R$ 850 mil por mês.

guararema-3

Insatisfação
Segundo Marlon Rodrigues, diretor da Associação Comercial de Guararema, a entidade foi comunicada sobre o cancelamento do evento na tarde de quarta-feira (26). Rodrigues afirmou que os comerciantes não gostaram do aviso de última hora, porque não terão tempo hábil para fazer uma decoração caprichada para a data por conta própria.

De acordo com o diretor, em reunião na quarta-feira ficou decidido que a entidade vai fazer uma campanha de decoração que deve envolver os comerciantes e moradores. Inicialmente, a ideia é distribuir prêmios para a fachada e a vitrine mais decorada. Uma cantata de Natal também deve acontecer por conta dos comerciantes.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu