Apeoesp aponta 9 casos de Covid-19 após retorno das aulas em escolas estaduais
Foto: Reprodução

Apeoesp aponta 9 casos de Covid-19 após retorno das aulas em escolas estaduais

Ao menos oito profissionais da educação e uma aluna (total de 9 pessoas) foram contaminados, na região, pela Covid-19 desde o retorno das atividades presenciais em três escolas estaduais de Suzano e em outras cinco de Mogi das Cruzes. 

Ao menos oito profissionais da educação e uma aluna (total de 9 pessoas) foram contaminados, na região, pela Covid-19 desde o retorno das atividades presenciais em três escolas estaduais de Suzano e em outras cinco de Mogi das Cruzes.
A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), que travou uma série de brigas na Justiça para evitar que o retorno presencial ocorresse no último dia 8 de fevereiro. No site da entidade, uma lista de escolas que apresentaram casos de professores, alunos e funcionários infectados foi divulgada na última semana.
De acordo com a lista, em Suzano, a primeira contaminação foi registrada na E.E. Roberto Bianchi, localizada no bairro Ipelândia, onde um professor teria sido contaminado. O segundo caso foi na E.E. Chojiro Segawa, em que uma professora foi diagnosticada com Covid-19. A lista aponta, ainda, que outras duas pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus na E.E. Yolanda Bassi, no Jardim Alteropolis. Um professor e uma funcionária da equipe de limpeza foram infectados no retorno das atividades presenciais.
Na mesma lista, também aparecem cinco escolas de Mogi das Cruzes, onde uma estudante, três professores e um diretor de ensino foram contaminados. As escolas onde os casos foram registrados são; E.E. Professor Paulo Ferrari, E.E. Cid Bocault, E.E. Silvia Mafra, E.E. Iracema Brasil de Siqueira e a E.E. Benedito Borges. Ao todo, o sindicato aponta 356 casos de Covid-19 na rede estadual em todo o estado de São Paulo.
De acordo com a coordenadora da subsede da Apeoesp em Suzano, Ana Lúcia Ferreira, uma denúncia já foi feita na Diretoria de Ensino de Suzano para que tenham conhecimento dos casos, mas até o momento, nenhuma ação foi feita.
“Os números só mostram o que já sabíamos, as escolas estaduais não possuem estrutura para receber os alunos, professores e funcionários de forma segura. Já fizemos a denúncia na Diretoria de Ensino. Agora a expectativa é que o governo volte atrás e mantenha o ensino remoto”, explicou.
Sobre os casos de contaminação em ambiente escolar, a Secretaria de Educação de Suzano informou que não recebeu qualquer denúncia sobre estudantes contaminados em razão do retorno das aulas presenciais em escolas das redes pública estadual e privada da cidade.
A pasta esclareceu, ainda, que para as instituições privadas, onde a supervisão é de competência da prefeitura, cada uma das instituições apresentou um planejamento e um conjunto de protocolos sanitários para o retorno das aulas, e a secretaria fez a avaliação para autorizar ou não. Em seguida, periodicamente, a administração municipal visita as escolas para conferir o cumprimento das medidas relacionadas.
Secretaria Estadual de Educação
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) esclareceu que, dos casos citados, foram confirmados um caso positivo na EE Prof Yolanda Bassi e um caso positivo na EE Roberto Bianchi. Em ambos os casos, a Unidade Básica de Saúde (UBS) local foi comunicada e todas as orientações foram seguidas.
Os casos são acompanhados. “O protocolo orienta que nas suspeitas ou confirmações, os servidores são afastados ao comunicarem os sintomas e aguardam os resultados dos exames em casa, de quarentena”. Os professores e alunos que fazem parte do grupo de risco permanecem nas atividades remotas. “Todas as escolas continuam utilizando o modelo de ensino híbrido, onde as crianças participam de atividades presenciais e remotas”, informou.
Os casos confirmados e sob suspeita também são acompanhados pelo Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19 da Seduc SP (SIMED).
Nas próximas semanas, o SIMED terá a divulgação semanal das escolas fechadas e que mantêm as aulas remotas por conta de notificações de Covid.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu