Alto Tietê flagra, pelo menos, 70 estabelecimentos e festas em desrespeito ao combate à Covid-19 no final de semana
Foto: Irineu Júnior/Secop Suzano

Alto Tietê flagra, pelo menos, 70 estabelecimentos e festas em desrespeito ao combate à Covid-19 no final de semana

Em Suzano, a Guarda Civil Municipal, a Vigilância Sanitária, o Departamento de Fiscalização de Posturas e a Polícia Militar fecharam e notificaram 42 estabelecimentos comerciais, entre bares, tabacarias, adegas, padarias e restaurantes.

As cidades do Alto Tietê flagraram, pelo menos, 70 estabelecimentos e festas em descumprimento aos protocolos sanitários de combate à Covid-19 e à Fase Vermelha do Plano São Paulo, entre sexta-feira (4) e domingo (7).

Em Suzano, a Guarda Civil Municipal, a Vigilância Sanitária, o Departamento de Fiscalização de Posturas e a Polícia Militar fecharam e notificaram 42 estabelecimentos comerciais, entre bares, tabacarias, adegas, padarias e restaurantes. Também foram interrompidas seis festas que ocorriam em imóveis particulares.

Em Poá, segundo a Prefeitura, um bar foi flagrado aberto, com atendimento no local e com pessoas sem máscara. Foram aplicados dois autos de infração e o bar foi interditado. Os autos podem se converter em multa no valor de R$ 9,3 mil.

Uma tabacaria também recebeu intimação para fechamento. Duas festas clandestinas foram encerradas depois de denúncias da população. Noivos e pais em uma festa de casamento, que já havia acabado, foram notificados.

Na cidade de Itaquaquecetuba, na noite de sexta-feira (4), quando o município ainda não tinha entrado na Fase Vermelha, a Guarda Municipal fechou 12 bares por conta da aglomeração. De sábado (6) para domingo (7), já na fase mais restritiva da quarentena, foram fechados e autuados sete estabelecimentos.

De acordo com a administração municipal, a maioria destes locais estava sendo monitorada pelas redes sociais. Outros locais foram denunciados pela população no 153. A Prefeitura informou, também, que não aconteceram pancadões neste fim de semana na cidade.

Em Mogi das Cruzes, de acordo com a Secretaria Municipal de Segurança, foram 606 chamados relacionados à aglomerações e desrespeito à Fase Vermelha. Do total, foram 280 deslocamentos, 82 orientações, 26 notificações, oito eventos clandestinos paralisados e uma multa.

O secretário André Ikari explica que a maioria das ocorrências envolviam festas clandestinas e que, nestes casos, a Guarda Municipal tem priorizado a orientação dos envolvidos.

“Aglomeração, pessoa sem máscara consumindo bebida alcoólica, é isso que a fiscalização tem se deparado. A gente orienta sempre [a guarda] a ser cordial, sempre com educação. A gente está sendo respeitado assim. As orientações que nós estamos passando através da Guarda e Fiscalização de Posturas, estão sendo respeitadas”, explica.

O funcionamento de comércios fora do horário permitido é minoria, aponta. “Neste final de semana foi verificado, mas não tanto quanto nas épocas anteriores. O pessoal até que respeitou essa restrição da Fase Vermelha, mas, assim, os guardas municipais e a Fiscalização de Postura estavam fazendo um trabalho preventivo. Inicialmente, tem o intuito de orientar. Caso persistisse a infração, aí sim, autuar”.

Ikari afirma que, durante o final de semana, os agentes fiscalizam áreas já conhecidas como pontos de aglomeração na cidade. Também é feito o acompanhamento virtual de possíveis eventos que sejam anunciados.

“A gente monitora alguns bairros que são reincidentes da prática, como, por exemplo, Parque Olímpico, Jundiapeba, César de Sousa, alguns locais de César. Nós fazemos o monitoramento de redes sociais para tentar identificar a organização dessas festas, dessas aglomerações. Para que? Para a gente poder ocupar o espaço antes das pessoas chegarem”.

Para coibir essas situações, a colaboração popular é fundamental. O telefone para denúncias é o 153, que funciona 24 horas por dia. Também é possível enviar imagens pelo WhatsApp (11) 4798-5070. As fiscalizações para coibir aglomerações e para verificar a restrição de circulação devem prosseguir nos próximos dias em toda região.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu