A dupla Edson e Hudson e o cantor Rick enfrentam dificuldades para se reestabelecer no mercado sertanejo

SERTANEJOS

Os escândalos não são muito bem vistos pelos contratantes da música sertaneja. Logo após a separação em 2011 da duplaEdson e Hudson  a carreira dos irmãos não foram mais a mesma. Após terem emplacados todos os CDs lançados desde o início da carreira, após se separaram os irmãos empacaram e após o retorno enfrentaram outras dificuldades. A prisão deHudson, o suicídio de sua ex-mulher e sua internação em uma clínica de reabilitação ajudaram a manchar mais ainda a dupla que era símbolo da nova geração da música sertaneja. 

Seus shows que eram vendidos entre de 120 a 200 mil despencaram, e hoje não superam a marca dos 40 mil.

A mesma dificuldade enfrenta Rick, agora em carreira solo, após a separação com seu parceiro Renner. Quando aconteceu a primeira separação, o cantor tentou a carreira solo, mas não emplacou. Após a volta a dupla voltou a se apresentar, mas com um cachê bem inferior ao praticando antes da primeira briga entre os dois. Agora, após o acidente que envolveu o cantor Renner, com a nova separação, Rick tenta de todas as formas, com o seu talento já reconhecido, voltar a emplacar seus shows, mas tem enfrentado certa resistência dos contratantes dos shows sertanejos que preferem pegar novas duplas, do que contratar as antigas que segundo alguns estão “queimados” com o público.

Fonte: Movimento Country

Deixe uma resposta

Fechar Menu