Você sabia que Suzano conta com uma Patrulha Maria da Penha?

Em quase três anos de atuação em Suzano, o projeto não registrou nenhum óbito por violência doméstica

Prestes a completar três anos de atuação, o projeto Patrulha Maria da Penha contabiliza mais de 700 vítimas de violência doméstica atendidas por meio de medidas protetivas.

As ações são coordenadas pela Guarda Civil Municipal (GCM). Os números impressionam e não param por aí. Ao longo desse tempo, 21 prisões por desobediência foram efetuadas e quase 22 mil visitas a domicílio cumpridas pelos agentes de segurança pública municipal como medida preventiva.

Vale destacar, também, que, após a criação do órgão, nenhum óbito por violência doméstica foi registrado em Suzano.

Com Informações: facebook.com/prefsuzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu