Teatro Contadores de Mentira comunica fechamento. Leia a nota na íntegra:

Teatro Contadores de Mentira comunica fechamento. Leia a nota na íntegra:

O teatro existe desde 2012 no Parque Maria Helena em Suzano. Os principais motivos do encerramento das atividades é a dificuldade do coletivo na manutenção do teatro e a locação do espaço.

Na tarde desta quarta-feira (09), a página do Teatro Contadores de Mentira no facebook anunciou através de nota o encerramento das atividades do local no mês de julho de 2018. O teatro existe desde 2012 no Parque Maria Helena em Suzano.

Segundo a nota, os principais motivos do encerramento com pesar das atividades é a dificuldade do coletivo na manutenção do teatro e a locação do espaço. O teatro vive de contribuições da sociedade e de membros do coletivo.

Ainda na nota, o coletivo diz que deveria se somar aos esforços da Instituição e da sociedade civil, a participação e o comprometimento do poder público local no sentido de construir diálogos em busca de alternativas de permanência que levem em conta a identidade, autonomia e relevância histórica do grupo Contadores de Mentira e que esperam esperam que esta compreensão exista por parte do poder público da cidade de Suzano.

Veja abaixo a nota completa divulgada no facebook:

“TEATRO CONTADORES DE MENTIRA FECHA SUAS PORTAS

O Grupo Contadores de Mentira nasceu em 1995 na cidade de Suzano, região do Alto Tietê – Grande São Paulo, onde desde 2012 mantém também uma sede física no Parque Maria Helena. “Há 23 anos produzimos projetos, espetáculos, festivais, encontros, redes, e, sobretudo, diálogos de sobrevivência, crescimento, articulação e atitude entre cidadão e cultura. Compreendemos a importância de nos organizar em coletivos, lutar por políticas públicas, e dialogar com a comunidade. Somos uma microcultura que tenta dar as mãos a outros coletivos humanos e assim nos aliamos a redes nacionais e internacionais.”

O Teatro Contadores de Mentira é um espaço de assentamento e resistência cultural. Mais de 300 espetáculos, shows musicais, palestras, vivências, debates e oficinas foram realizados em mais de cinco anos de existência. É um dos mais importantes espaços culturais do Estado de São Paulo, por onde passaram coletivos de todas as regiões do estado, do Brasil e de diversos países; além de milhares de pessoas atendidas que reconhecem este espaço como um importante território do fazer cultural. Pensar em realizar ações como estas, longe dos grandes centros, onde, historicamente, existem maiores investimentos na área da Cultura, torna este espaço um território raro e imprescindível.

Em 2018 o município de Suzano completou 69 anos, ou seja, o grupo Contadores de Mentira sobrevive de forma ativa e independente há um terço da história da cidade. “Em tempos tão difíceis, temos nos movimentado, e muito, para sobreviver e manter dignas nossas convicções”.

“UM ESPAÇO CULTURAL NÃO SE MANTÉM SEM A COAUTORIA DA SOCIEDADE. NO ENTANTO, A SOMA DE NOSSOS ESFORÇOS E DA SOCIEDADE SE APRESENTAM, NESTE MOMENTO DA HISTÓRIA, INSUFICIENTES PARA MANTER AS ATIVIDADES, A MANUTENÇÃO E A LOCAÇÃO DA CASA. DIANTE DESTE PANORAMA ANUNCIAMOS, COM PESAR, O FECHAMENTO DO TEATRO CONTADORES DE MENTIRA, NO MÊS DE JULHO DE 2018”.

Deveria se somar aos esforços da Instituição e da sociedade Civil, a participação e o comprometimento do poder público local no sentido de construir diálogos em busca de alternativas de permanência que levem em conta a identidade, autonomia e relevância histórica do grupo Contadores de Mentira. Esperamos que esta compreensão exista por parte do poder público da cidade de Suzano.

“Este é o princípio de uma longa caminhada. Tudo o que fazemos torna-se público. Estivemos em muitas lutas e esta não será uma luta isolada, tampouco silenciosa. Não estamos sozinhos e não somos poucos”.

Grupo Contadores de Mentira / Suzano / Maio/2018

#meuapoioaoscontadores”

Fechar Menu