Suzano vai receber 2,8 mil doses de vacina contra a Covid-19 até quarta-feira (20)
Foto: Irineu Junior

Suzano vai receber 2,8 mil doses de vacina contra a Covid-19 até quarta-feira (20)

A expectativa é que o primeiro lote atenda cerca de 45% do total dos profissionais de saúde, com início imediato da imunização no próprio local de trabalho.

A Prefeitura de Suzano deve receber até quarta-feira (20/01) as primeiras ampolas da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). A informação foi confirmada pelo Governo do Estado, que deve encaminhar 2,8 mil doses para aplicação nos profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia, nas redes de urgência e emergência.

A expectativa é que o primeiro lote atenda cerca de 45% do total dos profissionais de saúde, com início imediato da imunização no próprio local de trabalho. De acordo com o comunicado enviado pelo Governo do Estado, a segunda dose para este público chegará em tempo hábil para ser aplicada dentro do prazo de 21 dias, conforme preconizado.

Além dos imunizantes, o município também foi contemplado com o reforço de 10 mil agulhas e seringas a serem empregadas na campanha de vacinação. A previsão é de que os insumos sejam gradualmente repassados, conforme a evolução do Plano Nacional de Imunização, que também prevê a vacinação dos demais trabalhadores de saúde, dos indígenas e quilombolas, e dos idosos que vivem em asilos, seguindo para as pessoas com idade acima de 75 anos.

De acordo com o prefeito Rodrigo Ashiuchi, com o recebimento das doses, a cidade já dará início à imunização, com foco aos profissionais que estão atuando nas redes de urgência e emergência. O chefe do Executivo suzanense disse que, com a quantidade de doses que recebida, será possível garantir a proteção de pelo menos 45% do público-alvo, que são os servidores da Saúde. Serão priorizados aqueles que estão trabalhando em contato direto com pessoas infectadas pela Covid-19. A expectativa é de que haja uma grande força-tarefa para imunizar o mais rápido possível.

Ao todo, a Secretaria Municipal de Saúde estipula o índice de 6,1 mil profissionais da área atuantes no município, tanto na rede pública como na rede privada. O titular da Saúde, Pedro Ishi, pediu a colaboração de toda a população para que se atentem somente às informações oficiais. Assim que possível, todos os detalhes sobre a campanha serão amplamente divulgados pela administração municipal, conforme as orientações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.

Por fim, o secretário reforçou que as recomendações à população continuam as mesmas. Ishi concluiu dizendo que é preciso seguir cumprindo o distanciamento social, usando máscaras, lavando as mãos e fazendo uso do álcool em gel. Para ele, a prevenção continua sendo a principal aliada porque a vacina não representa um efeito imediato. Em caso de sintomas gripais, incluindo febre, tosse e dificuldades para respirar, a unidade de Saúde mais próxima deve ser procurada.

Com Informações: Secop

Fechar Menu