Suzano aproveita período de férias para incentivar vacinação contra o HPV

Cerca de 1,4 mil meninos já foram vacinados na cidade em 2017. Imunização está disponível em todas as UBSs.

Ministério da Saúde ampliou a faixa de idade dos meninos que podem ser imunizados contra o vírus do HPV. Com a mudança, os jovens com idades entre 11 e 15 anos devem receber a vacina.

Em Suzano, o alerta já foi reforçado nas escolas. Mas o objetivo é aproveitar o período de férias para alertar os responsáveis pelas crianças e adolescentes sobre a importância da dose.

João Mariano Pereira, de 11 anos, resolveu aproveitar as férias no condomínio da avó Neusa Moreira da Silva. Ele anda de skate e aproveita os cuidados da aposentada, que não poupa esforços para deixar o neto feliz. “[Ela] compra cereal, refrigerante, chocolate, sorvete. Um monte de coisas”, diz o menino.

Para a avó, o tempo está passando rápido, mas ela tenta lidar bem com o crescimento do neto e já se preocupa com o futuro. João ainda não sabe o que é o HPV, mas a avó faz questão de vaciná-lo contra o vírus. “Eu vou procurar a proteção sim. Mas, com a ajuda dos pais, ou com a minha ajuda levando ele para tomar essa vacina”.

O HPV, considerado um dos principais causadores do câncer do colo de útero, é transmitido nas relações sexuais desprotegidas. Em janeiro desse ano, as vacinas foram oferecidas nos postos de saúde para meninos de 12 e 13 anos. Cinco meses depois o Ministério da Saúde decidiu ampliar a vacinação para garotos de 11 a 15 anos.

“Essa faixa etária é importante do menino tomar antes da primeira exposição sexual, que aí ele já pode ter contágio com o vírus do HPV”, explica o coordenador de imunização José Landim. Ele explica que a vacina protege contra os quatro tipos mais comuns do vírus. É preciso tomar duas doses, com intervalo de seis meses entre cada uma.

Desde 2014, a vacina também é oferecida para meninas com idades entre 9 anos e 15 anos. Em Suzano, 2.390 meninas e 1.427 meninos foram vacinados contra o HPV em 2017. A ideia é que esses números aumentem com a divulgação nas escolas. “A gente lançou uma nota para o secretário de educação para ampliar a divulgação nas escolas devido a essa nova faixa etária que foi inclusa. Então, a gente pediu para divulgar mais entre os pais, nas reuniões de pais, cartaz nas escolas, para aumentar o acesso da população”, conta o coordenador.

 Para Neuza, não são apenas os pais que devem ficar atentos. Os avós também têm um papel importante, principalmente nas férias. “Eu acho que eles deveriam levar os netos para tomar vacina. Esse é o conselho que eu dou, porque a maioria dos netos ficam com as avós. Os pais trabalham e as avós aposentadas cuidam dos netos”.

A vacina contra o HPV está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Suzano, de segunda a sexta, das 8h às 17h. É preciso levar o documento de quem vai receber a vacina, a carteira de vacinação e o documento do responsável pela criança ou pelo adolescente.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

 
 

Deixe uma resposta

Fechar Menu