Suzano amplia número de postos com vacina contra febre amarela

UBSs em Palmeiras e no Boa Vista atenderão de segunda a sexta-feira com doses destinadas principalmente a quem for viajar para áreas com registros da doença

Foto: Maurício Sordilli

A Secretaria de Saúde de Suzano ampliou o número de locais com doses da vacina contra a febre amarela. Além do Centro de Saúde II (avenida Paulo Portela, 205, no centro), agora também oferecem a imunização as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Palmeiras (rua Crispim Adelino Cardoso, 157, no distrito de Palmeiras) e do Boa Vista (rua avenida Jaguari, 37, na Cidade Boa Vista).

O objetivo da iniciativa é facilitar o acesso da população à vacina, ao mesmo tempo em que as autoridades dão andamento ao planejamento de uma possível campanha preventiva nas regiões da Casa Branca e do distrito de Palmeiras – locais onde há corredores de vida selvagem. O atendimento será priorizado, no primeiro momento, às pessoas que deixarão a cidade e seguirão para áreas endêmicas de febre amarela – como as regiões Norte e Centro-Oeste e o interior do Estado de São Paulo.

A ação tem como principal meta reforçar as barreiras sanitárias no Alto Tietê após a constatação da morte de um primata no Parque Ecológico do Tietê, na capital. Até o momento, não foram registrados casos suspeitos, tampouco confirmados, de febre amarela na região.

A Secretaria de Saúde de Suzano também esclarece que, a partir desta terça-feira (21/11), o governo do Estado fará um reforço no número de vacinas, devido ao aumento da procura pela população. Desde o início do ano, o setor de Vigilância Epidemiológica aplicou 6,5 mil doses contra a febre amarela.

O chefe da pasta de Saúde, Luiz Claudio Rocha Guillaumon, afirma que as medidas tomadas no município têm como objetivo prevenir o bem-estar da população.

A imunização é realizada nos postos de saúde de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, e os interessados devem apresentar a carteira de vacinação. A dose é única durante toda a vida e não deve ser aplicada em crianças menores de 9 meses de idade, com problemas no sistema imunológico de qualquer natureza, gestantes e lactantes.

Casos suspeitos devem ser notificados à Vigilância Epidemiológica de Suzano pelo telefone (11) 4745-2039. Já ocorrências envolvendo primatas são direcionadas ao Centro de Controle de Zoonoses, no (11) 4745-2063.

Doença

A febre amarela é uma doença infecciosa que é transmitida pela picada de mosquitos que se alimentam de sangue (o Aedes aegypti entre eles), podendo afetar primatas e seres humanos, mas não é passada diretamente de uma pessoa para outra. Os sintomas podem durar até duas semanas e são: febre súbita, calafrios, dores (cabeça, costas e no corpo em geral), náuseas, vômito, fraqueza, coloração amarelada da pele e dos olhos e sangramentos.

Com Informações: Portal da Prefeitura de Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu