Suzanenses pedem liberação de estacionamentos para compras de fim de ano

Suzanenses pedem liberação de estacionamentos para compras de fim de ano

A empresa responsável pela Zona Azul, a Estacionamento Fácil, informou que não há a possibilidade de liberar o estacionamento rotativo de Suzano para as compras de fim de ano.

Com as vendas de fim de ano, o número de consumidores tende a dobrar nas principais ruas da malha Central de Suzano, a General Francisco Glicério e a Benjamim Constant. Com isso, as vagas dos estacionamentos rotativos são disputadas, principalmente as vagas que ficam próximas aos comércios.
Para os comerciantes e motoristas, a exclusividade dos estacionamentos rotativos para as vendas de fim de ano é benéfica, já que poderia fomentar ainda mais o comércio. “Seria uma medida bem interessante. A loja tem um convênio com um estacionamento aqui perto, então o cliente quando vem comprar aqui ele tem até uma hora para deixar o carro no local. Mas se o cliente conseguir para o carro na porta da loja, sem ter que pagar zona azul, seria muito melhor”, conta
“Seria uma boa opção porque é muito difícil achar uma vaga no Centro nessa época do ano. Seria uma medida viável ao comércio, já que teria muito mais cliente nas lojas”, conta o gerente operacional Reinaldo Alves, de 57 anos.
A Prefeitura de Suzano, porém, não vai disponibilizar as vagas exclusivamente aos clientes por conta da falta de espaço, rotatividade das vagas e questões contratuais com a empresa responsável pela gestão do estacionamento.
“A cobrança Zona Azul não pode ser liberada porque há uma empresa que faz a gestão deste sistema mediante um contrato. Se a Prefeitura simplesmente determinar que não haverá cobrança em dezembro, vai desrespeitar este contrato e pode ser responsabilizada judicialmente”, explica. “Outro fator importante é exatamente a garantia da rotatividade nas vagas. Com a liberação da cobrança, um usuário poderia estacionar e manter o veículo na mesma vaga por tempo indeterminado. Assim o total de vagas oferecidas iria diminuir na prática, causando mais transtornos ao tráfego já pesado nesta época”, acrescenta a Prefeitura.
A cidade vizinha de Suzano, Mogi das Cruzes, irá liberar quatro vias na área central para suprir a alta demanda de veículos que trafegam pelo local. Com isso, mais de 110 vagas poderão ser utilizadas no sistema de rodízio e por tempo limitado. “Ao contrário de Mogi, Suzano não possui áreas “sobrando” na malha central que possam ser liberadas para estacionamento extra neste mês. Onde há espaço para estacionar já está ocupada por vagas da Zona Azul. Em resumo: não é uma questão de cobrança, e sim, de espaço”.
A empresa responsável pela Zona Azul, a Estacionamento Fácil, informou que não há a possibilidade de liberar o estacionamento rotativo de Suzano para as compras de fim de ano. O motivo foi o mesmo citado pela Prefeitura.
Suzano conta hoje com 1.688 vagas distribuídas em todo o município, com tempo de tarifa de 60 ou 120 minutos.
“O quadrilátero central da cidade conta com centenas de vagas regulamentadas, tendo constante acompanhamento para sua ampliação e otimização. Contudo, o próprio espaço físico disponível impossibilita o aumento do número de vagas, que na região central está próximo do limite”.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu