Sony volta a fabricar discos de vinil após 30 anos

A Sony Music Entertainment anunciou, nesta quinta-feira (29), que voltará a fabricar discos de vinil, devido ao aumento da demanda global pela música em formato analógico.

A mudança acontece quase 30 anos depois de a empresa japonesa romper com com a produção do formato, em 1989.

O vinil saiu da grade da Sony por causa do espaço que CD passou a ocupar no mercado fonográfico. Agora, a empresa que fazer parte do renascimento que vive o vinil, graças às vendas de álbuns de segunda mão e ao número crescente de novos lançamentos no clássico formato LP. Para produzir os “masters”, que irão originar as cópias em vinil e aproveitar melhor a qualidade do formato. a companhia instalou um estúdio de gravação em Tóquio.

E o vinil está mesmo em alta no mercado! De acordo com dados recentes da Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI, em sua sigla em inglês), as vendas de vinis no Japão chegaram na casa das 800 mil unidades em 2016, oito vezes mais que em 2010. A tendência também é observada em outros lugares, como o Reino Unido – onde as vendas de vinis no ano passado chegaram a superar às de música em formato digital – e os Estados Unidos, onde 17,2 milhões de discos foram vendidos em 2016.

Ainda segundo a IFPI, a indústria fonográfica experimentou no ano passado um crescimento de 5,9%, o maior desde 1997, e apresentou lucros totais de 15,7 bilhões de dólares.

Com Informações: Cifra Club

Deixe uma resposta

Fechar Menu