Senai oferece bolsas para cursos de qualificação no Alto Tietê

Senai oferece bolsas para cursos de qualificação no Alto Tietê

Unidades de Mogi e Suzano oferecem quase 2 mil vagas distribuídas em 15 cursos.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai) está com inscrições abertas para mais de 1,9 mil bolsas de estudos para cursos de qualificação profissional no Alto Tietê. Para se inscrever é necessário ter no mínimo 16 anos.

O cadastro pode ser feito pela internet no site do Senai. As inscrições ficam sempre abertas, mas é importante que o candidato se inscreva o mais rápido possível, porque os cursos começam logo que as turmas são fechadas.

A unidade de Mogi das Cruzes está com 756 vagas distribuídas em 6 cursos: acondicionamento de carga, administração da manutenção, automação de sistemas prediais com comandos elétricos, excelência no atendimento ao cliente, instalação de cerca elétrica e qualidade de sistemas produtivos.

Já a unidade de Suzano são 1.153 oportunidades para os cursos de administração da manutenção, automação de sistemas prediais com comandos elétricos, bolos e pães naturais e integrais, fabricação de geleias e doces de frutas, fabricação de panetones, fabricação e padronização de biscoitos, instalação de cerca elétrica, matemática aplicada a mecânica e técnicas de soldagem aplicadas à serralheria.

De acordo com o Senai, a manifestação do interesse não garante o acesso à vaga. Os candidatos serão aprovados após avaliação dos pré-requisitos, que variam de acordo com o curso.

O programa tem como objetivo contribuir para a geração de emprego e de renda a partir da qualificação profissional e inclui, além da formação presencial, um módulo online de empreendedorismo que capacitará o aluno para iniciar o seu próprio negócio.

Não há quantidade máxima de cursos que um candidato poderá fazer, porém não é permitido fazer mais de um curso ao mesmo tempo. A oferta de cursos pode ser atualizada diariamente e o candidato deve acompanhar o site da campanha para ter ciência das alterações.

Caso o número de inscritos supere o total de vagas do curso escolhido, haverá classificação com base nos seguintes itens:

  • Emprego – terão prioridade os candidatos desempregados
  • Escolaridade – terá prioridade quem cursou, no máximo, o ensino médio. A ordem de critério adotada para o caso de empate é ter concluído o ensino médio, seguido de quem está cursando o ensino médio, até chegar à escolaridade mínima prevista como requisito para fazer o curso
  • Renda – terão prioridade os candidatos de menor renda per capita. A renda per capta é calculada a partir do rendimento e do número de pessoas que moram com o candidato e deve ser inferior a 1,5 salário mínimo federal. Se o empate persistir, mesmo após a aplicação desses critérios, terá prioridade à vaga o candidato mais jovem.

Mais informações pelos telefones 4741-3500 (unidade de Suzano) e 4728-3905 (unidade de Mogi das Cruzes).

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu