Rodrigo Vai Reciclar 300 Quilos De Material De Campanha

Dinheiro Será Destinado À Apae

rodrigo

Aproximadamente 300 quilos de material de campanha do prefeito eleito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), serão vendidos para uma empresa especializada em reciclagem. O dinheiro angariado com a iniciativa será destinado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) da cidade. O objetivo da ação, além de ter caráter benemérito, é providenciar o descarte sustentável da sobra de papéis do período eleitoral.

Além do apoio de Ashiuchi e de seu vice-prefeito eleito, Walmir Pinto (PDT), diversas lideranças ligadas ao novo prefeito trabalharam nesta ideia. Ao fim do primeiro turno, futura primeira-dama Larissa Achiuchi e toda a coordenação da campanha orientou os mais de 140 candidatos a vereador a deixarem toda a sobra de material gráfico no Comitê Central, localizado na praça dos Expedicionários, para que, posteriormente, o descarte devido fosse realizado. Poucos dias antes do final da campanha de segundo turno, Ashiuchi observou que muito do material da majoritária também sobraria. “Quando falávamos em ‘campanha limpa’, era limpa mesmo, não apenas nas atitudes. Para mim, forrar a cidade um dia antes da eleição esbarra até em falta de respeito com o eleitor, pois enfeia a cidade, coloca em risco a segurança das pessoas, pois muitos papéis são escorregadios e podem provocar acidentes sérios, e demonstra que o candidato não se importa com a limpeza do município, nem com quem vai recolher papel por papel depois.

Fora que esses santinhos entopem bueiros e patrocinam outros problemas, como alagamentos e até enchentes”, condena Ashiuchi.

Com o armazenamento do material de campanha que não foi utilizado no corpo a corpo no primeiro e no segundo turno, o grupo do prefeito eleito estudou uma forma de fazer o descarte sustentável do mesmo, e não em lixo comum.

Foi então que surgiu a possibilidade de vender para uma empresa especializada em reaproveitamento. Na semana que vem uma empresa que atua há mais de 15 anos com reciclagem e que está localizada no bairro Água das Pedras, em Itaquá vai providenciar a retirada de todo o material, que será pesado, enfardado e transportado para fábricas que atuam com reaproveitamento.

Com Informações: OI Diário

Deixe uma resposta

Fechar Menu