Represa Jundiaí em Mogi das Cruzes está em estado de alerta

Represa Jundiaí em Mogi das Cruzes está em estado de alerta

Represa encontra-se em estado de alerta e caso permaneçam as chuvas nas próximas horas na Bacia do Jundiaí há previsão de em 12 horas atingir a cota máxima

A SABESP em conjunto com o DAEE, e de acordo com a Portaria DAEE 2556 de 28/11/2011, comunicam que a represa Jundiaí no município de Mogi das Cruzes no dia 10/03/18 às 23h38 encontra-se em estado de alerta e caso permaneçam as chuvas nas próximas hora na Bacia do Jundiaí (o índice  pluviométrico das últimas 5 horas atingiu 150mm) há previsão de em 12  horas atingir a cota máxima e com isso poderá haver vertimento de água excedente represada na barragem Jundiaí.

Isso quer dizer que as chuvas acima da média na região encheram os reservatórios que represaram as águas excedentes e que nesse momento o Reservatório Jundiaí chega a um estado de alerta e caso atinja o seu  limite máximo operacional o volume excedente da água passa a verter.

A estrutura / barragem apresenta condições operacionais adequadas e não há motivos para se pensar em riscos na estrutura da barragem mesmo com o vertimento de água excedente.

A várzea a jusante da barragem encontra-se bem encharcada devido às chuvas dos últimos dias e já apresenta locais com alagamentos. Caso haja vertimento da água excedente poderão ser afetados os bairros do Município de Mogi das Cruzes : Jardim Santos Dumont II, Jardim Santos Dumont III, Jardim Aeroporto II, Jardim Aeroporto I, Jundiapeba, Oropó, entre outros junto a várzea do Rio.

FONTE: SABESP

Fechar Menu