Rapaz é detido por suspeita de furtar escola em Suzano e confessa outros crimes no mesmo local, diz PM

Segundo a PM, mais de 10 boletins de ocorrência entre furtos e depredação já foram registrados tendo a unidade escolar como alvo.

Um rapaz de 19 anos foi detido na tarde desta terça-feira (16), em Suzano, suspeito de ter furtado a Escola Estadual Jandyra Coutinho, no Jardim Gardênia Azul. A PM disse que ele chegou a confessar outros crimes na mesma unidade. O homem estava com fios de cobre e será investigado, mas vai responder em liberdade porque, segundo a Polícia Civil, não havia sinais de arrombamento na unidade de ensino e nem de que o suspeito tivesse invadido a escola.

Policiais militares foram ao local após uma denúncia de invasão e furto. Segundo a PM, uma senhora que disse ser diretora da escola, mas não se identificou, indicou para onde o suspeito havia seguido. Os policiais se deslocaram ao local indicado e encontraram o suspeito detido por três testemunhas que disseram que ele tinha furtado a escola. O rapaz estava com um saco plástico preto com fio de cobre dentro, de acordo com as testemunhas.

Segundo a Polícia Militar, durante a abordagem o suspeito confessou que já tinha praticado alguns furtos anteriores na mesma escola. Segundo a PM, mais de 10 boletins de ocorrência entre furtos e depredação já foram registrados tendo a unidade escolar como alvo. O suspeito disse que mora no Jardim Margarete foi conduzido ao 2° Distrito Policial da cidade, para onde também foram levados os fios de cobre. A escola, porém, não tinha nenhum sinal de arrombamento e nenhum representante da unidade foi encontrado.

Além de 50 metros de fios de cobre, a Polícia Militar também disse que o homem estava com aparelhos de DVD, CD player, entre outros eletrônicos. No boletim de ocorrência, porém, constam apenas os fios de cobre.

O rapaz vai ser investigado, mas a Polícia Civil considerou que não poderia haver flagrante porque não se sabe a escola realmente foi furtada, o que teria sido furtado, se o rapaz capturado foi realmente o que fugiu da unidade de ensino. A polícia concluiu que “não há elementos de autoria e materialidade que justifique prisão em flagrante.”

Ainda de acordo com a PM, as aulas estavam suspensas nesta terça-feira para que fossem feitos reparos na instalação elétrica. Os problemas são decorrentes do furto dos fios, no último fim de semana.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu