Rádio é o meio mais adaptado ao consumo de mídia, revela pesquisa

Rádio é o meio mais adaptado ao consumo de mídia, revela pesquisa

Levantamento da Revenue Analytics, empresa de consultoria dos Estados Unidos, apontou que apesar do crescimento um pouco lento, “o rádio conseguiu segurar seus públicos e anunciantes, em contraste com outros setores da mídia, como os jornais, que demoraram a se adaptar aos tempos de mudança”.

De acordo com a pesquisa, o rádio está preparado e adaptado aos novos desafios no consumo de mídia, seguindo as tendências para 2019 como os anúncios em áudio digital, o uso de diferentes plataformas, a evolução da organização das vendas e a personalização de programação.
O levantamento pontuou ainda algumas tendências do setor de radiodifusão para os próximos anos. Segundo a consultoria, os investimentos publicitários irão, cada vez mais, para mídias tradicionais que também atuam nos ambientes digitais. “A transmissão de áudio em ambientes digitais teve um aumento de seis vezes nos últimos oito anos. Esse resultado prevê que a maior parte de investimentos será feita em mídias digitais”, diz a pesquisa.
Outro ponto do levantamento mostra que as pessoas querem experiências personalizadas, e as mídias tradicionais estão atentas a isso.
A consultoria indica também que a fusão entre grandes empresas de mídia pode ajudar as emissoras de radiodifusão a disputar publicidade em ambientes digitais com as empresas de tecnologia.
O estudo completo da Revenue Analytics está disponível para download emhttps://research.revenueanalytics.com/2019MediaTrends
*Com informações do tudoradio.com
Fechar Menu