Publicitária é condenada a pagar R$ 25 mil a Dudu Nobre por danos morais

Publicitária é condenada a pagar R$ 25 mil a Dudu Nobre por danos morais

Larissa Lage usou as redes sociais para acusar o cantor de não pagar por serviços prestados em sua campanha eleitoral para vereador em 2016

Dudu Nobre ganhou uma disputa judicial com a publicitária Larissa Lage , que terá de pagar R$ 25 mil ao cantor em danos morais. Em 2016, ela usou as redes sociais para acusar o sambista, então candidato a vereador pelo PT do B, de não pagar pelos serviços prestados na campanha eleitoral . Porém, ela não apresentou provas do contrato e, segundo a sentença dada pela juíza Ana Paula Pontes Cardoso, da 46ª Vara Cível do Rio, ela terá de pagar também outros R$ 15 mil a Wellington Gomes Batista, empresário do músico.

As atividades de Larissa, segundo o que foi apurado no processo, consistiam em elaborar vídeos, organizar reuniões e a participação de Dudu Nobre em programas e tomadas externas, com o fim de divulgar sua proposta eleitoral. No entanto, ao longo do tempo, Lage se desentendeu com o resto da equipe e acabou por se desligar da campanha, não chegando a trabalhar pelo período integral originalmente previsto.

Denúncia on-line

De acordo com a sentença, no lugar de socorrer-se da justiça para cobrar a divida da qual acreditava ser credora, a publicitária usou as redes sociais para pressionar os autores a efetuar o pagamento e proferiu ofensas pessoais contra o sambista e seu empresário. “Ou seja, no lugar de buscar seus direitos pelas vias judiciais, preferiu a ré realizar justiça com as próprias mãos, partindo para ofensas pessoais, denegrindo a imagem dos autores. Veja-se que as redes sociais possuem, hoje em dia, alcance inestimável, atingindo milhares de usuários, sendo certo que o dano causado aos autores tomou enormes proporções, principalmente em se tratando o primeiro autor de pessoa pública, bastante conhecida da população brasileira, por se tratar de musico famoso”, escreveu a juíza na decisão. Dudu Nobre ainda não se pronunciou sobre o caso. O sambista se candidatou em 2016 a vereador pelo Rio de Janeiro, mas com apenas 1625 votos não foi eleito.

Com Informações: IG

Fechar Menu