Professora é assaltada e tem o carro levado dentro do estacionamento em escola de Suzano

Crime ocorreu na tarde de terça-feira (7). Na manhã desta quarta (8), funcionários protestaram em frente à unidade por melhorias na segurança.

 

Uma professora da rede municipal de Suzano foi assaltada e teve seu carro roubado dentro do estacionamento da escola em que trabalha, no bairro Miguel Badra Baixo, na tarde de terça-feira (7).

Revoltados, os funcionários da unidade não receberam os alunos nesta quarta (8). Eles protestaram durante a manhã por medidas de segurança.

O crime ocorreu na Escola Municipal Avelino de Lima Franco durante o horário de saída dos alunos do período da tarde.

As imagens da câmera de segurança mostram a vítima caminhando até o portão e, em seguida, indo em direção ao veículo, onde foi surpreendida por um homem armado.

O suspeito, que estava escondido atrás do carro, mandou que a vítima entregasse as chaves. Ela entregou, se afastou e, na sequência, o ladrão começou a manobrar.

O agente de segurança da unidade escolar percebeu a ação e tentou fechar o portão, mas voltou a abri-lo depois que o criminoso apontou a arma para ele. Logo depois, o criminoso fugiu. Nem o carro, nem o criminoso foram localizados.

Na manhã desta quarta (8), professores e funcionários se reuniram em frente a escola. Eles disseram que não receberam os alunos apenas por causa do protesto, mas, também, para fazer um documento para a Prefeitura, onde devem cobrar por melhorias na segurança da região.

A previsão é de que o texto seja entregue durante o dia. Os profissionais contam, inclusive, que as câmeras de monitoramento da escola foram compradas com dinheiro de uma festa organizada pelos próprios funcionários para arrecadar fundos.

Em resposta, a Prefeitura de Suzano informou que Secretaria de Educação está auxiliando a professora vítima do assalto. Ainda segundo a Secretaria, a questão pedagógica é prioridade, por isso as aulas vão ser repostas.

Já a Secretaria de Segurança Cidadã informou que agentes da Guarda Municipal vão avaliar a segurança da unidade. Eles também pediram o apoio da Polícia Militar, já que o Estado é responsável pela segurança pública.

Com Informações: G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Deixe uma resposta

Fechar Menu