Prefeitura de Suzano orienta moradores a procurar lugares mais seguros
Alagamento na Estrada do Ribeirão - Jd. Fernandes Foto: G1

Prefeitura de Suzano orienta moradores a procurar lugares mais seguros

Por conta das fortes chuvas e alagamentos, a Prefeitura de Suzano orienta quem reside às margens de rios, córregos e valas de drenagem, a procurar locais seguros quando houver grandes precipitações pluviométricas. A mesma orientação vale para quem vive em áreas de encosta. Todos os bairros estão sendo monitorados pelos órgãos municipais, segundo informações da administração.

Por conta das fortes chuvas e alagamentos, a Prefeitura de Suzano orienta quem reside às margens de rios, córregos e valas de drenagem, a procurar locais seguros quando houver grandes precipitações pluviométricas. A mesma orientação vale para quem vive em áreas de encosta.
O órgão municipal informa que todos os bairros da cidade estão sendo monitorados por conta dos problemas com a chuva. A média de pluviosidade em Suzano nos últimos dois dias foi de 46 mm. Dentre os principais problemas trazidos pelas chuvas recentemente, estão os alagamentos, falta de energia e quedas de árvores.
A Defesa Civil informa que atendeu cerca de 35 chamados para queda de árvores nas últimas semanas. Porém, a única interdição de residências foi feita em um cômodo de uma residência, pois a estrutura cedeu e duas pessoas tiveram ferimentos leves. Ambas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros, a informação é que as duas passam bem e estão na casa de parentes.
Durante esta semana, os moradores do Parque Maria Helena sofreram com os constantes alagamentos. Segundo eles, a situação já é comum no bairro, basta chover forte que as ruas já são tomadas pelas águas provindas dos córregos da região.
A moradora Maria Aparecida, que vive no bairro há mais de 40 anos, afirma que o problema já é antigo e que os moradores cobraram uma solução pela Prefeitura, mas nada é feito para acabar com o problema. “Nesta semana a rua ficou alagada desde segunda-feira e não choveu muito forte”, afirma.
Para o técnico de manutenção, Valmir Alves, que mora na Rua Benedito Faria Marques Filho os alagamentos já se tornaram parte de sua rotina. “Nós aqui do bairro já tínhamos este problema, mas depois que a Prefeitura realizou obras no córrego aqui perto o problema só aumentou”, conta.
A dona de casa Maria Borges, também reclama que os alagamentos pioraram depois de que a Prefeitura realizou obras no rio que fica próximo a rua. “O problema piorou muito ultimamente, as crianças não conseguem ir para a escola porque a rua está intransitável”, explica.
A Prefeitura informa que em casos de alagamentos, os moradores devem entrar em contato com a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros para que possam tomar as providências em relação a possível deslizamento de terra ou enchente. Importante não descartar lixo e entulho perto de corpos d’água para que isso não contribua com alagamentos.
A orientação também enfatiza para que os munícipes evitem áreas alagadas, tanto a pé quanto com veículos. “Durante tempestades, se abrigar em local seguro e evitar ficar embaixo de árvores ou redes de eletricidade”, afirma o órgão. Em casos de emergência, o telefone da Defesa Civil de Suzano é o 4748-5394.
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu