Prefeito de Suzano anuncia criação de complexo social no antigo Restaurante Popular
Foto: Divulgação

Prefeito de Suzano anuncia criação de complexo social no antigo Restaurante Popular

A expectativa é de que os trabalhos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do Cadastro Único (CadÚnico) e do Espaço dos Conselhos, bem como da administração da pasta, se unifiquem no local, oferecendo, desta forma, todos os serviços aos usuários.

O antigo prédio do Restaurante Popular vai dar espaço a um novo complexo social. Isso porque o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, anunciou a junção dos serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social em um só lugar, com o objetivo de facilitar a vida dos cidadãos.

A expectativa é de que os trabalhos do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do Cadastro Único (CadÚnico) e do Espaço dos Conselhos, bem como da administração da pasta, se unifiquem no local, oferecendo, desta forma, todos os serviços aos usuários.

O titular da pasta, Murilo Inocencio, informou que o mesmo ambiente vai oferecer diferentes serviços da Assistência Social. Este é um projeto embrionário na região e que, certamente, vem para facilitar a vida de todos, sendo um grande complexo, onde as famílias suzanenses terão fácil acesso, principalmente pela nova localidade.

Além disso, o prédio também deverá abrigar ações por parte da Secretaria Municipal de Cultura, com apresentações teatrais e musicais, por exemplo. Já o Fundo Social de Solidariedade vai participar da estruturação com a oferta de oficinas e cursos, além da ambientação de salas alusivas à Juventude, à Mulher e à Diversidade, bem como salas de co-working.

A presidente do Fundo Social, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, destacou que a ideia é expandir o projeto inicial, do ‘Complexo da Família’, para que haja ainda mais atendimentos. No local, haverá setores que receberão diferentes grupos para discussão e interação, para que possam conversar e ajudar uns aos outros, assim como a oferta dos trabalhos assistenciais.

Bom Prato
A área poderá ainda ser a nova sede do Bom Prato, uma vez que o presidente da Associação de Defesa e Valorização da Vida (Avida), Alan Neves, e o assessor da entidade, Nelson Eduardo Roseling, participaram da visita técnica e, no local, foram checar a viabilidade da mudança estrutural, que sairia do atual prédio, que fica no Parque Maria Helena, e passaria a servir as mais de 1,5 mil refeições diárias no número 536 da rua Dr. Felício de Camargo, no centro.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, André Loducca, o novo complexo vai aumentar a circulação de pessoas na região, ao passo em que poderá resultar em um impacto positivo no comércio local. Para ele, entre colaboradores e usuários dos serviços, a previsão é que diariamente circulem até 1,5 mil pessoas, entre idas e vindas. Loducca acredita que será mais um passo para o desenvolvimento econômico e social do local, que, inclusive, vem recebendo investimentos da iniciativa privada, como a inauguração recente de um fast-food e de um supermercado.

Para Ashiuchi, este será mais um imóvel recuperado pela atual gestão. O prefeito se diz concentrado em reconstruir Suzano, recuperando áreas e prédios abandonados. Para ele, é um resgate da história e da autoestima da cidade, já que o prédio do Restaurante Popular ficou abandonado por anos até ter um final feliz, que será sede dos serviços de Assistência Social do município.

Também acompanharam a vistoria os secretários municipais Geraldo Garippo (Cultura) e Itamar Corrêa Viana (Planejamento e Finanças); o diretor do Setor de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, Ari Santos; o diretor de Agricultura, Minoru Harada; e o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Sérgio de Assis Andrade.

Com Informações: Secop

Fechar Menu