Polícia prende 3 suspeitos de envolvimento no massacre em escola de Suzano
Reprodução Record TV

Polícia prende 3 suspeitos de envolvimento no massacre em escola de Suzano

Polícia Civil prende mais três envolvidos em tiroteio de Suzano

De ontem (10) pra hoje (11) ocorreram três prisões. O suspeito de ontem era o dono da arma. Um dos presos de hoje intermediou a negociação e entregou a arma. O terceiro, segundo a Policia, forneceu as munições. Embora não tenham ido à escola Raul Brasil, os três aparecem no inquérito como partícipes.
Isso significam que estão sendo indiciados por 11 mortes: As dos nove estudantes e dois dois assassinos, já que um matou o outro e depois se matou com a mesma arma.
Outro detalhe. A Policia vai decidir até concluir o inquérito se esses três suspeitos também vão por responder por organização criminosa ou por associação criminosa. As prisões temporária são por 30 dias.

Menor apreendido

As investigações apontam que os assassinos planejaram o crime por mais de um ano e contaram com a ajuda de um adolescente de 17 anos, que está apreendido na Fundação Casa desde 19 de março.

O delegado Alexandre Dias informou que encontrou evidências do envolvimento do jovem. “Foram apresentadas provas de conteúdo cibernético que indicava a participação desse menor na criação do delito. Há provas testemunhais. As investigações apontam que ele é mentor intelectual junto com outro assassino menor de idade.”

Para o delegado, “ele comprou objetos, objetos que poderiam fazer ele participar daquele delito”.

 

Vítimas

Após um convênio com a Defensoria Pública, o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc) vai fazer, a partir desta quinta-feira, perícias para avaliação integral dos danos sofridos pelas vítimas do massacre, segundo a Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania.

O convênio prevê a realização de perícias médico-legais e psiquiátricas. Os laudos serão usados nos procedimentos extrajudiciais. O governo do Estado definiu os critérios para pagamento das indenizações e publicou um decreto sobre o assunto no último sábado (6).

Com Informações: DP Central, G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Fechar Menu