Poderosa! Gal Gadot só retorna para ‘Mulher-Maravilha 2’ se Brett Ratner for demitido

Gal Gadot só volta para protagonizar ‘Mulher-Maravilha 2’ se o produtor Brett Ratner for retirado da equipe. Ratner foi acusado de assédio sexual e afastado da Warner na última semana, mas nenhuma decisão final foi tomada.

Segundo informações do Page Six. Ratner produziu o primeiro longa e colherá lucros por ele com sua produtora RatPac-Dune.

Uma fonte afirmou ao site que Gadot tem uma postura séria contra os casos de abuso sexual e não quer que seu filme beneficie nenhum dos homens acusados.

“Ela sabe que a melhor forma de atingir pessoas como Ratner é pelo dinheiro”

Ratner foi acusado de assédio sexual e afastado da Warner na última semana, mas nenhuma decisão final foi tomada. A atriz Ellen Page relatou em seu Facebook sobre o comportamento inapropriado do diretor no set de ‘X-Men: O Confronto Final’.

Patty Jenkins já assinou contrato para dirigir a sequência, que também terá o retorno de Gal Gadotcomo a protagonista.

Segundo especulações, o contrato transformou Patty na diretora mais bem paga da história do cinema.

O valor não foi divulgado, mas gira na casa dos US$ 10 milhões, mesma quantia que Zack Snyderrecebeu por ‘Batman vs Superman‘.

Levando em conta que ‘Mulher-Maravilha‘ ultrapassou os US$ 800 milhões, Patty pediu uma maior participações nos lucros da sequência, bem como um cachê inicial pomposo.

‘Mulher-Maravilha 2‘ teve sua estreia agendada para 13 de dezembro de 2019.

Com Informações: Cine Pop

Deixe uma resposta

Fechar Menu