Número de multas na Zona Azul de Suzano cresce 18% de janeiro a maio
Foto: Bruna Nascimento/Divulgação

Número de multas na Zona Azul de Suzano cresce 18% de janeiro a maio

Em 2018, a Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana aplicou 2.132 multas de 1º de janeiro até 20 de maio. Já em 2019, no mesmo período mensal, a pasta autuou 384 motoristas a mais do que o ano passado.

As multas por desobediência as regras dos estacionamentos rotativos de Suzano – Zona Azul – tiveram um aumento de 18% no período de um ano. Em 2018, a Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana aplicou 2.132 multas de 1º de janeiro até 20 de maio. Já em 2019, no mesmo período mensal, a pasta autuou 384 motoristas a mais do que o ano passado, totalizando assim 2.516 multas aplicadas.
As multas são destinadas aos condutores que desrespeitam as leis da Zona Azul, tal como estacionar em vagas especiais reservadas para idosos e portadores de deficiência e exceder o tempo permitido do estacionamento, que geralmente são de 1 a 2 horas. Caso o motorista não pague a multa, estará sujeito às penalidades previstas no Código Brasileiro de Trânsito. Suzano tem hoje 1.847 vagas da Zona Azul.
A grande maioria está localizada na malha central, local onde se concentra o maior número de carros no município. Esse número não muda desde 2017, quando houve a adição de 380 vagas. De acordo com a Prefeitura, as alterações (aumento) nas vagas estão em estudo dentro do Plano de Mobilidade Urbana, que também prevê a requalificação da área central.
Para utilizar as vagas da Zona Azul, os motoristas precisam estar atentos as placas de vagas especiais e comprar o talão para utilizar o espaço. Hoje o valor cobrado é R$ 1,50 por talão (tanto nas vagas para 1h quanto para 2h).
Com Informações: Diário de Suzano
Fechar Menu