Música inédita flagra Luiz Melodia de bem com a vida, pop, mas sem o brilho da voz

Música inédita flagra Luiz Melodia de bem com a vida, pop, mas sem o brilho da voz

O lançamento da música está disponível nas plataformas digitais a partir de hoje

“A felicidade chegou aqui agora /

A gente quer, a gente tem, a gente pede, a gente nunca se incomoda /

A felicidade chegou em sua porta /

Tá no perfume, nos seus olhos, no azul do horizonte, a gente goza”

Os versos acima são do viciante refrão de Felicidade agora, música inédita composta por Luiz Carlos dos Santos (7 de janeiro de 1951 – 4 de agosto de 2017) com os parceiros Ricardo Augusto e Paulinho Andrade. O lançamento da música em single – disponível nas plataformas digitais a partir de hoje, 23 de fevereiro de 2018 – é acontecimento relevante porque Luiz Carlos dos Santos foi ninguém menos do que Luiz Melodia.

Assim como a música, o fonograma é inédito. O single faz parte da gravação ao vivo que será lançada neste primeiro semestre de 2018 pela gravadora Universal Music com o registro de show feito pelo cantor, compositor e músico carioca em 29 de junho de 2016, no Teatro da UFF, na cidade fluminense de Niterói (RJ). A apresentação foi calcada no repertório do show e disco Zerima, lançado por Melodia em 2014.

Felicidade agora não fazia parte do roteiro original do show Zerima e o single tampouco tem clima de gravação ao vivo. De todo modo, a composição é sedutora. Poucas vezes Melodia lançou uma música de arquitetura tão pop, evidenciada pelo arranjo simples e eficiente. O veludo da voz ainda está lá, embora já sem o viço de tempos idos. Mas o que contagia são a levada e o alto astral da música.

“A felicidade está junto de mim”, reitera Melodia ao fim do fonograma, entre improvisos com os vocalistas da faixa. Infelizmente, o Negro Gatoteve pouco tempo para vivenciar o momento feliz, de bem com a vida. Diagnosticado em julho de 2016, um câncer na medula óssea se agravou em 2017 e tirou Melodia de cena no ano passado, aos 66 anos. A partir de hoje, Felicidade agora se integra postumamente e oficialmente a um cancioneiro singular que ficou como testamento do talento do grande cantor e compositor.

Com Informações: G1 Música Blog Mauro Ferreira

Fechar Menu