Marginal do Una vai ganhar passarela na região da Vila Figueira e Vila Urupês
Foto: Secop

Marginal do Una vai ganhar passarela na região da Vila Figueira e Vila Urupês

Instalação do futuro acesso para pedestres ficará em frente à Central de Distribuição dos Correios; serviços terão início nesta segunda-feira (08/04). A iniciativa de propor a implantação da passarela partiu da empresa estatal. 

A Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana e os Correios de Suzano firmaram uma parceria para a instalação de uma passarela sobre o rio Una, na avenida Governador Mário Covas Júnior, a Marginal do Una, ligando a Vila Urupês e a Vila Figueira. A obra terá início nesta segunda-feira (08/04) e a expectativa é de que seja concluída em cerca de 30 dias, sem qualquer custo para os cofres públicos da cidade.

O futuro acesso para pedestres ficará no trecho em frente à Central de Distribuição dos Correios, entre as pontes das ruas Caboclos e Vereador Romeu Graciano. Será uma estrutura metálica instalada em uma base de concreto no leito do rio Una. O projeto foi elaborado pelo setor de engenharia da pasta municipal e a execução caberá integralmente à empresa estatal, que assumirá todos os gastos.

Na primeira fase haverá serviços de bate-estaca e de implantação de blocos de coroamento para a sustentação. Em seguida será içada a passarela, possivelmente sem que haja a necessidade de interdição no trânsito. Por fim, irão construir a calçada com toda a acessibilidade e fazer a sinalização. Quando pronto, o acesso será útil não apenas para quem precisa ir até a Central de Distribuição dos Correios – funcionários e clientes – como também para moradores locais, da região da Vila Urupês e da Vila Figueira.

A iniciativa de propor a implantação da passarela partiu da empresa estatal. A justificativa surgiu diante da dificuldade de pedestres vindos do centro de Suzano chegarem até o local, uma vez que os dois acessos existentes que atravessam o rio Una são distantes. O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, Claudinei Galo, explicou que a ideia foi aprovada porque, além de ser a custo zero para o município, vai favorecer bastante a população, seja para ir aos bairros, às escolas daquela localidade, seja para ir à Central de Distribuição dos Correios.

Com Informações: Secop

Fechar Menu