Maestro João Carlos Martins anuncia aposentadoria e cirurgia nas mãos
REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Maestro João Carlos Martins anuncia aposentadoria e cirurgia nas mãos

Há anos com problemas graves nos movimentos das mãos, ele se submeterá a uma cirurgia que o impossibilitará de tocar piano.

O maestro João Carlos Martins anunciou neste domingo (17/2), no Fantástico, sua aposentadoria dos palcos após anos convivendo com graves problemas nos movimentos das mãos. No palco da atração, ele fez sua última apresentação ao piano tocando Eu Sei que Vou Te Amar, clássico de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, ao lado da cantora Anitta.

Famoso por ser o único pianista a gravar toda a obra de Bach, o artista paulistano já passou por 23 cirurgias e disse no programa que fará um novo procedimento na mão esquerda para cortar os nervos que tanto o atormentam.

“”Fiz a cirurgia na mão direita, cortou o nervo. Só posso usar o polegar e às vezes esse dedo (indicador). Na mão esquerda, esses três dedos são totalmente fechados, mas a dor foi tão grande que, finalmente, acertamos com os médicos para cortar o nervo. E eu me despeço”, revelou Martins em entrevista à apresentadora Poliana Abritta.

Ao longo da vida, o maestro passou por dois traumas físicos que causaram danos permanentes em suas mãos. Primeiro, em 1965, sofreu uma queda em uma partida de futebol e ficou com três dedos atrofiados. Foi obrigado a se afastar das teclas por um ano. Em 1995, foi agredido durante um assalto na Bulgária e teve a conexão entre cérebro e mão direita seriamente comprometida.

Aos 78 anos, Martins teve sua vida biografada recentemente no filme João, O Maestro (2017), no qual foi interpretado pelo ator Alexandre Nero.

Com Informações: Metrópoles

Fechar Menu