Jovens poderão tirar título de eleitor sem agendamento prévio esta semana

Iniciativa tem como objetivo incentivar o alistamento de menores de 18 anos

Jovens com idades entre 16 e 17 anos podem tirar o título de eleitor sem agendamento prévio até a próxima sexta-feira (10). A iniciativa faz parte da Semana do Jovem Eleitor, realizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TRE). 

Embora o alistamento eleitoral seja facultativo para menores de 18 anos, a Justiça Eleitoral incentiva a pessoa com mais de 16 a exercer o direito de se alistar e ir votar, como forma de promover a cidadania, desenvolver o sentimento democrático e despertar no jovem o compromisso com a participação na vida política do país.
 
Para tirar o documento, os jovens devem levar o RG e comprovante de residência recente aos cartórios eleitorais e demais unidades onde o documento é emitido. 
 
Conforme dados do TSE, eleitores entre 16 e 17 anos representam atualmente pouco menos de 1% do eleitorado brasileiro. No Estado de São Paulo, representa apenas 0,54% de seu eleitorado atual. Segundo números do IBGE, a população brasileira com 16 e 17 anos soma cerca de 6.8 milhões de pessoas. Já o número de eleitores entre 16 e 17 anos é de somente 1.428,340 milhões, o que equivale a pouco menos de 20% do total de jovens nesta faixa etária.
 
Em todo o País, apenas um em cada cinco jovens para os quais o voto é facultativo tirou seu título e está habilitado para exercer este direito em 2018. No próximo ano, os eleitores votam para presidente, governador, deputado federal, deputado estadual e duas vezes para senador.
 
Após a Semana do Jovem Eleitor, o título eleitoral pode ser feito sem agendamento nos postos da Justiça Eleitoral do Poupatempo e, com agendamento, nos cartórios eleitorais.

Com Informações: A Tribuna

Deixe uma resposta

Fechar Menu