Ivete Sangalo critica extinção de reserva na Amazônia

Cantora baiana classificou como absurdo a medida implantada por Temer

Depois de Gisele Bündchen criticar o governo Temer sobre um decreto que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), na Amazônia, foi a vez de Ivete Sangalo usar as redes sociais para manifestar seu desagravo com a medida. 

“Quanta notícia difícil de aceitar. Brincando com o nosso patrimônio? Que grande absurdo. Tem que ter um basta”, escreveu a cantora baiana na rede social Instagram. 

A Renca é uma área na região da Amazônia, entre os estados de Pará e Amapá, que tem 47 mil metros quadrados. A extinção foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) e deve permitir que cerca de 30% da área, que hoje é protegida, seja usada pela mineração privada. Apesar do nome, o local é conhecido por ter grande quantidade de ouro. 

Fonte: Portal Band

Deixe uma resposta

Fechar Menu