ITAQUÁ – A cidade realizará a 3ª Conferência de Política para Mulheres para debater ‘avanços e desafios’
Foto: Reprodução

ITAQUÁ – A cidade realizará a 3ª Conferência de Política para Mulheres para debater ‘avanços e desafios’

A Secretaria de Políticas para Mulheres realiza a 3ª Conferência Municipal que irá debater ações, projetos e normativas para o setor. O evento será no dia 28 de setembro, aberto ao público e a partir das 9h no Instituto Federal de São Paulo – campus Itaquá, localizado na Rua Primeiro de Maio, 500, bairro Estação.

Além disso, também vão empossar os novos integrantes do Conselho Municipal de Políticas para Mulheres.

O tema da conferência é “Garantia e Avanços dos Direitos das Mulheres: Democracia, Respeito, Diversidade e Democracia”. No mesmo dia serão empossados os conselheiros municipais. A palestrante convidada é Soninha Francine. Professora, jornalista, escritora e palestrante. Em 2008 e 2012 disputou a prefeitura de São Paulo. Foi Subprefeita da Lapa, membro do Conselho de Administração da Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e Secretária Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, entre outras funções públicas. Atualmente exerce seu segundo mandato como vereadora. É integrante da Comissão Extraordinária do Meio Ambiente, da Comissão Extraordinária de Turismo, da Comissão de Orçamento e Finanças e da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Paulo.

Na sequência os participantes irão se reunir em grupos para discutir, separadamente, os seguintes temas: “Avanços e Desafios do Papel do Estado na gestão das Políticas para Mulheres”; “Propostas de estrutura, interrelações, instrumentos de gestão, recursos, política nacional de formação, estratégias de institucionalização, regulamentação e implementação do sistema” e “Avanços e desafios e enfrentamento às violências, saúde integral, trabalho, autonomia econômica, participação nos espaços de poder e decisão, educação para igualdade e diversidade”.

A primeira dama e secretária de Política para Mulheres, Joerly Nakashima, a dona Jô, enfatiza a importância da participação da população em compor as propostas e auxiliar na construção de projetos e sugestões para aprimorar as ações. “Queremos que toda a população se aproprie dessa causa e seja protagonista das políticas em prol das mulheres”.

Com informações: Prefeitura de Itaquaquecetuba

Fechar Menu