Irã condena jovens a prisão e chicotadas por dançarem hit de Pharrell

IRÃ

A justiça iraniana sentenciou, nesta quarta-feira (17), um grupo de seis jovens iranianos que gravaram um vídeo dançando e cantando a música “Happy“, sucesso do cantor Pharrell Williams.

De acordo com o Daily Mail, os envolvidos foram condenados a seis meses de prisão e 91 chicotadas. A pena foi ainda mais rigorosa para o diretor do vídeo, Sassan Solemani, que ficará preso por um ano e será chicoteado pelo mesmo número de vezes.

O tribunal acusou os “Happy Iranians”, como ficaram conhecidos, de violarem o código de comportamento islâmico, que não permite que mulheres e homens dancem juntos. Segundo a corte local, os envolvidos “participaram da produção de um vídeo vulgar” e de “promoveram relações ilícitas entre si”. O agravamento da pena se deu em razão mulheres aparecerem em cena sem o hijab, lenços que cobrem o rosto e são obrigatórios para as mulheres no país.

O vídeo foi feito para a participação em uma campanha lançada pelo cantor Pharrell Williams e mostra os jovens cantando e dançando a música por cortiços e ruas da capital do país, Teerã. O material foi publicado no YouTube em abril passado e os envolvidos foram detidos cerca de um mês depois.

Fonte: Cifra Club

Deixe uma resposta

Fechar Menu